PUBLICIDADE

Topo

Horóscopo mensal - Novembro


Horóscopo mensal - Novembro

Conteúdo exclusivo para assinantes

Escorpião (23/10 a 21/11)

Por

Por Barbara Abramo

Previsão de novembro: Momento único de ficar leal a si mesmo é o dia 10, virando-se do avesso e encarando todas as transformações que o tornam forte porque precisamente sabe se reciclar quando necessário. A cena astral desse dia soma a poderosa lunação em seu signo, que abre as portas para um novo ciclo de realizações e desafios, aos aspectos positivos entre Mercúrio e Plutão e Sol e Júpiter. Como a cena astral está incrível! Pensamento agudo associado a foco e propósito claros, autoconfiança somada à visão de conjunto e fé na vida. Não poderia ser melhor. Prepare-se para aproveitar toda a força criadora desse momento que se estende do dia 10 ao 13.

Sentindo-se mais seguro de seus valores, de sua intuição e mirando o futuro, encontrará mais paz interna na segunda quinzena. O Sol em Sagitário amplia sua visão e intuição, fortalece sua fé e traz para o primeiro plano seus valores e o ideal de uma vida bonita e justa. Será um forte aliado na busca por dias mais significativos e intensos.

Saúde
Em geral boa, mas a partir do dia 12 seu regente Marte entra em Libra, configurando um período de algumas semanas em que sua vitalidade pode ficar comprometida. Libra rege os filtros do corpo: rins, principalmente. Algum problema com eles deve ser avaliado e encarado rapidamente, para que não se torne crônico ou difícil de resolver. Diálogos esclarecedores podem ser feitos com a energia de Mercúrio e Plutão, associados nos dias 10 e 11. Invista em exercícios para a flexibilidade, que pode ficar comprometida no fim do mês. 

Amor
Os primeiros 12 dias do mês serão ótimos para estar com as pessoas: festas, reuniões, viagens, passeios, tudo o que atraia amigos e traga encontros de almas e espíritos está em primeiro plano para você. Alguns amigos podem até disputar a sua presença. Depois, Marte entra em Libra e enquanto você está com a corda toda, algo dentro de si pede recolhimento, paz de espírito e certo isolamento. Talvez algo em sua postura acabe mesmo afastando as pessoas, mas trazendo mais tranquilidade, pelo menos por uns tempos.

O primeiro final de semana do mês vem com romance e delicadeza, com Mercúrio trazendo encontros altamente românticos. No dia 13, um amigo pode se comportar como mais do que isso, mexendo com sua sensualidade. Entre 9 e 11, Sol e Júpiter abrem novas perspectivas --um compromisso amoroso pode se tornar oficial, uma viagem com seu amor talvez sele um relacionamento mais profundo. Esperança e encontro de almas são os dois vetores desse período.

Muitos poderão achar que você anda numa egotrip na segunda quinzena. E com o Sol em seu signo até dia 22 você cintila e aparece, encanta profundamente, mas fica pouco flexível para atender aos desejos alheios.  Os dias próximos trazem até certa obsessão: Vênus e Plutão em ângulo tenso pedem menos controle e possessividade.

Na terceira semana, a família exigirá mais atenção --e os ânimos exaltados, somados a interesses comuns, falarão mais alto. E aí, só restará a você entrar em acordo com seus desejos. Também será o momento certo de atualizar sua ligação com a família ou com um grupo de amigos que você considere tão próximos quanto.  E entre os dias 25 e 28, com um cenário astral tenso, o melhor será não se iludir com ninguém.

Melhores datas para o amor: 5, 6, 10, 11, 18, 19.

Finanças
Logo depois dos feriados, a Lua minguante em Leão, no dia 3, encerra uma fase na carreira. Pode ser que o chefe reconsidere seu trabalho e queira fazer ajustes capazes de enfrentar os tempos bicudos que enfrentamos e ainda enfrentaremos no país. Seja o que for, vá no embalo da minguante e aproveite para definir melhor o trabalho que tem a sua cara, descartando o que não corresponda ao que sabe fazer, ou que não tenha nada a ver com a direção de carreira que quer tomar. Esse período inicial do mês será perfeito para dar um adeus a tudo o que não o satisfaça na área profissional.

O período dourado para investir em sua base financeira começa quando o Sol entrar em Sagitário. Será no dia 22 e, a partir daí, sua orientação interna estará mais certeira. Ali onde ninguém aposta, lá vai você explorar porque conhece, inspiradoramente, as chances de desenvolvimento e crescimento. Com um bom conhecimento das possibilidades atuais, domínio de idiomas, filosofia e a disposição para aceitar e entender as diferenças entre pessoas, grupos e países, você sai na frente na luta por um espaço mais amplo e confortável. Vale a dica de segurar um pouco a tendência a gastar mais do que deveria --o Sol em Sagitário é generoso e pode ser descuidado.

Você poderá ser convidado a participar de um grupo ou entidade. Amigos ajudarão nisso e por meio deles você expandirá seu raio de influência profissional e poderá ampliar suas chances de reforçar suas finanças: convites choverão!

Os últimos dias do mês trazem clareza sobre dívidas e pendências financeiras. Você precisará ter mais jogo de cintura para negociar, se não quiser perder. Negócios e empreendimentos com clientes, sócios ou empresas contratadas irão bem, se você seguir a rota da flexibilidade e do diálogo. Não force ninguém com ultimatos e exigências.

Melhores datas para as finanças: 12, 13, 24, 25, 29.


Horóscopo