PUBLICIDADE

Topo

Horóscopo mensal - Dezembro


Horóscopo mensal - Dezembro

Exclusivo para assinantes UOL

Capricórnio (22/12 a 20/01)

Por Barbara Abramo

Em ritmo de profunda revisão intima, ainda mais reforçado pelo trânsito de Mercúrio em Sagitário – que já na primeira semana fica retrógrado, proporcionando um clima astral de grandes análises internas. Bom para se conhecer melhor, revisar prioridades, ideias, enfim, tudo que tem a ver com sua vida atual.

Como o Sol só vai atingir seu signo no dia 21, inaugurando o verão, você terá bastante tempo pra se dedicar ao autoconhecimento e a revisão de ideias, trazendo para o presente até mesmo antigas inspirações ou sonhos!

Dezembro é importante também porque inicia o trânsito demorado de Saturno, o planeta que rege o seu signo, em Capricórnio. Aí, o astro do tempo, da ambição, da percepção dos limites se torna ainda mais poderoso e confiável. Se no período em que transitou Sagitário houve excessos na rigidez, agora tudo virá na medida certa – do rigor exato, nem mais, nem menos. Pra você pode ser a chance, até 2022, de reacessar o que é realmente importante em sua vida. Consciência dos limites, do tempo que já passou chegam junto também – mas você fará bom uso, mesmo porque, após a entrada do Sol em Capricórnio, no dia 21, começa uma fase ótima pra apostar mais em seus valores, sonhos e ideais.

A partir de 20 de dezembro, serão três os astros em Capricórnio: Saturno, em seguida o Sol, e por fim Vênus, intensificando sua força, encanto, brilho e autoconsciência. A comunicação também se faz mais fácil, enquanto uma nova pessoa vai emergindo, de um longo período de revisões intimas: você.

Anote: aproveita a Lua minguante em Virgem (em 10 de dezembro) pra resolver os últimos detalhes sobre uma viagem internacional ou curso.

Saúde

Problemas crônicos podem se acentuar na primeira metade do mês, porém com Mercúrio trazendo confusões, enganos e erros, a chance de rever um tratamento ou ter um resultado errado é grande. Por isso, não se preocupe nem perca o sono antes da hora!

Lembre-se de que a partir de 22 de dezembro são vários os assuntos de saúde que serão esclarecidos de uma vez. Uma condição de saúde está em destaque por ocasião da Lua nova em Sagitário (em 18 de dezembro). Bom pra tomar uma direção nova a respeito. 

Amor

Um lindo início de mês com amigos, cheios de esperança e ideais conjuntos, iluminando sua primeira semana do mês – com Júpiter trígono Netuno (entre 1 e 5 de dezembro). A empolgação vem de viagens, projetos em comum, sonos compartilhados e muita animação! A convivência com amigos será super estimulante também no fim do ano: com Marte trígono Netuno (entre 27 e 28 de dezembro), quando os planos de viagem decolam de verdade, e a companhia de pessoas queridas será altamente energética!

Mas nem tudo são flores – apesar de tudo, com Marte em Escorpião (entre 9 de dezembro e 27 de janeiro de 2018), nunca se sabe quando pode surgir um ressentimento entre amigos. Por isso, fique ligado: não se envolva em disputas entre eles, nem dê corda pra ciumeiras.

No amor, altos e baixos – mais altos, com Júpiter trazendo o reforço da cumplicidade e dos projetos em comum. Algum problema do passado pode ser resolvido entre vocês também, na primeira quinzena. Se você vive uma relação firme, há o que comemorar e pra reforçar ainda mais essa tendência, quanto mais planos em comum, melhor!

Lua crescente em Áries (em 26 de dezembro) traz animação e novidades no âmbito familiar. É uma onda de libertação e novidades chegando com força. Mudanças vem chegando na família, e você saberá delas na segunda semana. Por um lado, libertação, renovação e novidade, mas por outro pode ser um pouquinho assustador. E talvez você precisa de um tempinho pra se acostumar com a novidade!

Prepare-se pra um momento de certa solidão e isolamento no Natal. A consciência de que nem tudo pode ser controlado na vida, que nem sempre podemos estar com quem amamos e que muitas vezes somos incompreendidos por quem queremos bem. De alguma forma essa percepção pode trazer também um isolamento forçado, ou necessidade de provar desvelo e cuidado com alguém querido.

Finanças

Trabalho ou tarefas sem muito brilho ou destaque chegam com o início do mês – e Vênus em Sagitário (a partir de 1º de dezembro) traz até um contentamento íntimo de não chamar atenções sobre você.

Mas no contexto geral, os primeiros dez dias do mês prometem ser mais complexos e exigirão mais de você. Marte sextil Saturno (entre 5 e 7 de dezembro) traz trabalho a mais, com algumas dores de cabeça e pouco reconhecimento. Mas não se desanime, porque é um ciclo que está se encerrando! É o clima e o momento de revisões com Mercúrio em Sagitário, trazendo reparos e refazimento de tarefas que estavam malfeitas, ou foram esquecidas. Alerta vermelho para contratos malfeitos! Além disso, o Sol tensiona Netuno (entre 2 e 4 de dezembro) - cuidado ao tratar de negócios com pessoas que não conhece bem ou feitos de boca. A Lua cheia em Gêmeos (em 3 de dezembro) esclarece desentendimentos, especialmente com subalternos e assistentes – vai rolar muita conversa antes de um entendimento justo!

Evite gastos e compras na primeira semana também. Com Marte oposto a Urano (em 1º de dezembro), a chance de gastar com algo imprestável é grande. Nesta mesma semana, conflitos com chefes podem tirar você do prumo, por um momento.

Mas a partir do dia 10, tudo parece melhorar – e Marte impulsiona novos projetos e planejamentos de futuro! 

Daí em diante, você pode prestar mais atenção nos seus limites e tomar decisões com base nisso. Afinal, o que você realmente quer ou precisa fazer pra viver de um modo mais de acordo com o que julga ser o correto pra si mesmo? Até onde vão seus limites nisso? Perguntas pra você responder daqui em diante.


Horóscopo