PUBLICIDADE

Topo

Horóscopo mensal - Dezembro


Horóscopo mensal - Dezembro

Conteúdo exclusivo para assinantes

Câncer (21/06 a 21/07)

Por

Por Barbara Abramo

Previsão de janeiro: relacionamentos equilibrados são uma meta e necessidade e, logo na abertura do ano, a Lua nova em Capricórnio traz o assunto para o primeiro plano. Inicie 2014 escolhendo melhor quem são os seus pares e todos aqueles com quem você se consulta ou faz negócios. De 1º a 16 de janeiro, as relações atuais passarão por seu crivo e você decidirá quem continuará a fazer parte do seu círculo de pessoas confiáveis e quem não. Isso vale para todos os campos.

Com um cenário astral dos mais contraditórios na segunda quinzena, quanto mais criativo você for, melhor. Ser conservador em alguns assuntos, mas saber impor sua vontade em alguns momentos, por exemplo, são exercícios que terá de fazer durante o mês todo. O medo de mudar tem de ser encarado também, especialmente no fim do mês, com a Lua nova em Aquário. Vale cultivar a coragem de ver a vida de um jeito mais aquariano: objetiva e distanciadamente, apelando para a mente e o lado racional. Assim é que você irá superar seus temores.

Saúde

Instabilidade emocional, entre os dias 14 e 16, merece uma parada para valer. Tire esses dias para si mesmo, bem longe das demandas e dos agitos, pois o astral promete abalar suas emoções e seu organismo grita por sossego. Recomenda-se boa alimentação e calmaria. 

Amor

Como explicado no item anterior, graças às características astrais deste mês de janeiro, o tema em primeiro plano será relacionamento --noivado, casamento, relação amorosa estável ou qualquer que seja o nome. As diferenças aparecem, as semelhanças idem e fica mais fácil escolher. É bom se posicionar claramente e o dia perfeito para fazer isso é 16, dia da Lua cheia. Em janeiro, ela acontece no seu signo. Consciente de suas necessidades, a fase lunar marca o dia D para você colocar as diferenças em pratos limpos e se fazer escutar por seu amor.

Um amor antigo pode surgir no horizonte, desafiando você a rever preferências e sentimentos. Você tem até o final de janeiro para dar um rumo para a essa história do passado. Abra espaço para sentir e entender melhor o que realmente deseja. Janeiro pede total honestidade: primeiro consigo e depois para com os outros. A raiz da mudança para melhor na sua vida social, amorosa e familiar reside justamente nisso.

Turbulências familiares, na terceira semana de janeiro, podem respingar em você. Seu parceiro tem ideias diferentes sobre como conduzir uma questão e esse conflito deve se tornar mais agudo nessa época. Talvez seja melhor não misturar os canais e se manter de fora nos dias 23 e 27. O fim do mês não é o melhor momento para encontros familiares, mas favorece as amizades e os namoros recentes.

Amor: 3, 7, 15, 16, 17, 18 e 29.

Finanças

A longa presença de Marte em Libra significa desafios a mais para você --de janeiro a final de julho. Embora os principais desafios de dezembro passado tenham sido superados, entre 8 e 11 podem ocorrer algumas disputas no ambiente de trabalho e você terá de equilibrar as reivindicações. O chefe impaciente e hesitante, envolvido com lutas que desconhece, não será a melhor pessoa a quem recorrer. Tente resolver tudo como puder e o que não estiver ao seu alcance, esqueça.

Vênus e Sol em Capricórnio colorem as relações com clientes e sócios, trazendo mais compromisso e estabilidade por todo mês. Após 20 de janeiro, concentre-se na escolha de parceiros inovadores e abertos, que terão recursos para investir em suas ideias. Vênus pede um toque conservador, então você terá de temperar ideias de vanguarda com formas um tanto mais convencionais. E, assim, tudo dará certo.

Quer começar ou retomar uma atividade importante para sua carreira? Escolha os dias 9 a 12, quando Vênus e Saturno abençoarão suas iniciativas com solidez. Trabalhar em casa pode se tornar uma constante que, talvez, crie algumas controvérsias com a família e o cônjuge, entre 16 e 17 de janeiro, mas depois poderão ser superadas.

A primeira quinzena pede mais controle financeiro. Não gaste sem pensar! Negociações de qualquer tipo que envolvam imóveis devem ser evitadas entre 23 e 29 de janeiro --período mais explosivo do mês para lidar com isso.

Finanças: 9, 10, 11, 12 e 24.


Horóscopo