Topo

Conteúdo de Marca


Conteúdo de Marca

7 coisas que pessoas com cabelo crespo/cacheado gostariam que você soubesse

Por Salon Line

29/05/2019 14h10

Apesar de grande parte da população brasileira ter os cabelos cacheados ou crespos, ainda existem diversos mitos e preconceitos acerca dos fios com essas curvaturas.

Muitas pessoas não entendem como funcionam os cuidados, categorização e até a natureza de cabelos tipo 3 e 4. Diante disso, é normal que elas se sintam curiosas.

No entanto, algumas dúvidas ou frases dirigidas à pessoas cacheadas e crespas podem até parecer inofensivas mas, na verdade, são bastante incômodas e preconceituosas.

Para gerar reflexão e aprendizado, pessoas com fios de curvatura 3 e 4 contam frases que ouvem com frequência e esclarecem diversas questões envolvendo estes tipos de cabelo. Confira!

Cacheados e crespos gostariam que você soubesse que:

"Bombril, pixaim, duro ou ruim não são palavras que definem meu cabelo"

O racismo estrutural fez com que o cabelo crespo fosse visto como ruim e recebesse "apelidos" extremamente preconceituosos como "bombril" ou "pixaim" - tudo por não seguirem o padrão liso imposto pela cultura eurocentrista. Entretanto, essas definições são ultrapassadas e racistas e, por este motivo, devem ser excluídas do seu vocabulário urgentemente.

"Uma vez uma pessoa tocou no meu cabelo e disse 'nossa, como ele é macio'. Isso acontece porque as pessoas realmente imaginam que o cabelo tipo 4 seja um cabelo duro quando, na verdade, não é", comenta a youtuber Denise Gomes, que tem o cabelo tipo 4c.

"Tocar um cabelo só porque ele é cacheado ou crespo não é legal"

Entre as principais queixas de cacheadas e crespas está o fato de muitas pessoas tocarem seus fios sem permissão. A motivação é sempre a curiosidade mas, muito disso também se deve ao fato dos fios com curvaturas acentuadas ainda causarem certa estranheza.

A youtuber Sabrina Dibynis acredita que, em muitos casos, as pessoas não tocam por maldade, mas que, mesmo assim, é algo que incomoda:

Já pediram para sentir o meu couro cabeludo e eu fiquei sem entender, mas foi tão constrangedor que eu acabei deixando.

"Eu estou feliz com o meu cabelo natural"

"Por que você não alisa?" é uma pergunta que todo mundo que tem o cabelo cacheado ou crespo já ouviu. Isso porque o padrão branco, de cabelo liso ainda prevalece, fazendo com que a beleza seja vista somente em fios chapados, enquanto pessoas que aceitam seus cabelos naturalmente com curvatura e volume são questionadas.

"Já ouvi várias vezes que sou corajosa por usar meu cabelo natural e também já sofri muita intolerância por causa dele. Vencer esses preconceitos foi um processo longo, doloroso e, acima de tudo, libertador. Hoje sou feliz com meu cabelo crespo", relata a médica Monalisa Nunes.

"Minha beleza não é exótica"

Quantas vezes você já ouviu alguém dizer que "fulano tem uma beleza exótica" quando, na verdade, a pessoa só não estava nos padrões de beleza impostos pela sociedade?

O ator Johnny Klein diz que "exótico" nunca é um termo usado para falar sobre cabelos lisos, mas sim dos cacheados e crespos. "Tem gente que trata os fios com curvatura como uma anormalidade e isso me incomoda bastante. Meu cabelo é normal e não tem nada de exótico, como dizem", ressalta.

"Eu não preciso alisar meu cabelo para ele ficar bonito em festas e eventos"

Após passar pela transição capilar, a jornalista Juliana Franceschi conta que perdeu contratos de trabalho. "Algumas pessoas chegaram a dizer que eu não poderia mais aparecer com meu cabelo natural nos lugares porque eu estava fora do padrão", conta.

Infelizmente, o cabelo natural cacheado ou crespo é associado ao desleixo por muitas pessoas que ainda acreditam que um penteado arrumado é apenas o liso. Por isso, ainda é normal que cacheadas e crespas ouçam que precisam alisar os fios para irem festas, eventos ou até em entrevistas de emprego.

"Não, cuidar do meu cabelo não dá muito trabalho"

Todo tipo de cabelo pede cuidados específicos, mas dizer que um cabelo cacheado ou crespo dá trabalho significa colocar problemas e empecilhos nessas curvaturas, como se apenas elas precisassem de atenção.

Fios lisos, ondulados, cacheados e crespos precisam de hidratação, nutrição, de finalizadores e até de um bom corte para se manterem saudáveis. Além disso, um cabelo alisado pode precisar de tantos cuidados quanto um cabelo cacheado natural.

"Sim, eu penteio o meu cabelo"

O mito de que os cabelos cacheados e crespos não podem ser penteados é tão antigo que já foi até tema de música - "ô nega do cabelo duro, qual é o pente que te penteia?". É verdade que pessoas com fios de curvatura acentuada precisam de produtos acessórios específicos - como o pente garfo ou de madeira, por exemplo - mas dizer que elas não penteiam o cabelo está errado. Inclusive, essa é uma das etapas feitas durante a lavagem e a finalização. Não escovar os fios depois de secos é bastante comum, mas isso não significa que a pessoa jamais passam o pente nos fios. Até porque todo e qualquer cabelo possui nós e eles precisam ser desfeitos.

Aproveite também para conferir no vídeo abaixo um bate-papo com as blogueiras Vandressa Ribeiro, Karol Pinheiro e Monalisa Nunes sobre frases que não devem ser ditas à pessoas com cabelo cacheado e crespo:

Este é um conteúdo de autoria de SALON LINE e não faz parte do conteúdo jornalístico do UOL.