PUBLICIDADE

Topo

Nina Lemos

Fãs de Diana atacam Camilla: mito da "destruidora de lares" continua atual

Camilla Parker Bowles (Emerald Fennell) conhece Diana (Emma Corrin) em cena de "The Crown" - Divulgação
Camilla Parker Bowles (Emerald Fennell) conhece Diana (Emma Corrin) em cena de 'The Crown' Imagem: Divulgação
Nina Lemos

Nina Lemos é jornalista e escritora e mora em Berlim. É feminista das antigas e uma das criadoras do 02 Neurônio, que lançou cinco livros e teve um site no UOL no começo de 2000. Foi colunista da Folha de S. Paulo, repórter especial da revista Tpm e blogueira do Estadão e do Yahoo. Escreveu também o romance "A Ditadura da Moda".

Colunista do UOL

25/11/2020 04h00

Nos anos 90, quando o mundo soube do caso entre Camilla Parker-Bowles e o príncipe Charles, então casado com Lady Diana. A amante do herdeiro do trono da Inglaterra virou uma espécie de inimiga mundial, uma verdadeira megera que destruiu um conto de fadas. "Quem essa mulher, além de tudo feia e mais velha, pensava que era para "destruir" o casamento de Diana?", diziam.

Trinta anos depois, a história de Charles e Diana foi contada na quarta temporada série "The Crown", o sucesso de Netflix. A série é baseada em fatos reais, mas ficcional. Resultado: a agora esposa de Charles recebe ofensas online e é, novamente, tratada como uma megera destruidora de lares.

Recentemente, uma foto da Duquesa de Cornualha foi postada no Instagram Oficial da Família Real. Nos mais de seis mil comentários, a maioria deles, ofensivos: "você nunca será rainha!" "Essa mulher é uma vergonha". "Diana para sempre!", "tire essa foto dessa página!". Em muitos comentários, Camilla é chamada de "a outra".

Charles e Camilla, para quem não sabe, foram namorados na juventude e mantiveram um caso pelo que parece ter sido a vida toda. Inclusive enquanto ela era casada com Andrew Parker-Bowles e ele com Diana.

Na série, enquanto seu casamento capota, Charles liga para a amante para falar mal da jovem esposa. Também fica claro que eles estão se encontrando e que isso alimenta a raiva e o ciúme de Diana. Segundo biógrafos da família real, a série exagera: eles teriam se encontrado poucas vezes enquanto ele era casado.

Mas, independente disso, por que culpar Camilla? Se alguém tratava mal a esposa e a desrespeitava essa pessoa era... marido, certo?

Porém, o mito da mulher destruidora de lares é entranhado na sociedade. Essa ideia é tão presente que Camilla é culpada pela infelicidade de uma mulher que:

1. Casou jovem com um homem que mal conhecia.

2. Fez parte da família real, ou seja, seu casamento foi mais visto como um negócio do que como um relacionamento normal.

Além disso, Diana foi perseguida por paparazzi, perdeu sua privacidade e não tinha nada a ver com o marido (que na série, aliás, parece ser um chato). Com todos esses motivos para o casamento dar errado, a culpa ainda é de Camilla?

O triângulo formado por Charles-Diana-Camila é uma história da família real da Inglaterra, super distante de todos nós, mas carrega muitas semelhanças com coisas que vemos no dia a dia.

Quantas vezes se culpa uma amante por um casamento que já está um lixo?

O ódio a Camilla Parker-Bowles também carrega em si um monte de preconceitos. Camilla é mais velha que Charles. Não é bonita, e muito menos "feminina" e doce.

Mas, até na família real parece existir algum sentimento. Prova disso: Charles e Camilla se casaram em 2005 e parecem muito felizes. Então, devem se gostar de verdade.

E apesar de parecer um chato na série, o príncipe Charles teve coragem de enfrentar preconceitos e ficar com quem realmente gosta. Não deixa de ser admirável? Existe amor até na família real.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL