PUBLICIDADE

Topo

Nina Lemos

Kim Kardashian faz festa em ilha com tema "vida pré-covid". É sério isso?

Kim está sendo comparada a Maria Antonieta: "não tem uma vida normal? Alugue uma ilha privada"  -
Kim está sendo comparada a Maria Antonieta: "não tem uma vida normal? Alugue uma ilha privada"
Nina Lemos

Nina Lemos é jornalista e escritora e mora em Berlim. É feminista das antigas e uma das criadoras do 02 Neurônio, que lançou cinco livros e teve um site no UOL no começo de 2000. Foi colunista da Folha de S. Paulo, repórter especial da revista Tpm e blogueira do Estadão e do Yahoo. Escreveu também o romance "A Ditadura da Moda".

Colunista do UOL

29/10/2020 04h00

São oito meses de pandemia. Ninguém aguenta mais não poder encontrar os amigos e abraçar familiares. A gente era feliz antes e não sabia. Mas, o que podemos fazer? Nada, a não ser esperar a vacina.

Bem, tudo pode ser diferente se você for milionária e meio sem noção como a estrela Kim Kardashian. Nesse caso, você pode juntar familiares e amigos e voar de jatinho para uma ilha deserta. Lá, vocês podem brincar de "vida normal", aquela antes do Coronavírus e passear sem máscara, se aglomerar. Parece enredo de filme surrealista. Mas a modelo de fato fez isso para comemorar seus 40 anos, completados no último dia 21.

E, como Kim literalmente vive de exibir a própria vida, foi nas redes sociais mostrar essa sua ideia modesta, de "vida simples" para seus milhares de seguidores de todo o mundo.

Kim está sendo detonada no Twitter desde a madrugada de quarta-feira, quando publicou fotos da viagem e contou do seu plano com textos reflexivos.

"Antes do Covid, acho que nenhum de nós apreciava de verdade o luxo simples que era estar com amigos e família em um ambiente seguro", filosofou. E completou: "Por isso, eu pedi para meus amigos ficam em quarentena e os surpreendi com uma viagem para uma ilha particular onde nós pudemos fingir que as coisas estavam normal por um momento."

Ou seja, ela fez uma espécie de festa temática, só que com o tema "vida normal". Não temos uma vida cotidiana normal? Não tem problema, o dinheiro pode comprar. E os outros? Bem, nós que fiquemos na nossa vidinha mundana, sem sair de casa, olhando tudo pelo Instagram. E quem ousar reclamar é porque tem inveja...

A atitude de Kim fica mais absurda por acontecer em um momento em que a Europa enfrenta a segunda onda do Coronavírus, com novas restrições e mortes. Os Estados Unidos, terra das Kardashians, também têm visto aumento nos casos. A hora não é boa para esse tipo de "brincadeira". Mas, bem, em uma pandemia, será que teria hora boa para isso?

Nas redes, Kim Kardashian é chamada de Maria Antonieta. Faz sentido. Não tem pão? Então, comam brioches! Não tem uma "vida normal"? Alugue uma ilha privada, onde não tem gente, e por isso, não tem Coronavírus.

Kim não é a primeira celebridade a perder a linha na ostentação durante a pandemia. Madonna, em março, publicou uma série de posts no Instagram em um banheiro luxuoso, onde escrevia coisas do estilo: "agora todos estamos no mesmo barco". Bem, oito meses de pandemia depois, está mais que claro que não estamos todos no mesmo barco. Enquanto uns estão em casa ou saindo com todos os cuidados, têm quem voe para ilha deserta para "esquecer".

"Ah, mas se ela pode fazer isso, tudo bem", comentam alguns. Sim, poder, claro, ela pode. Mas será que é legal jogar na cara dos outros que você simplesmente fugiu para uma ilha luxuosa em um jatinho para "fingir que tudo estava normal"?

Nada está normal. Nós, mortais, temos passado nossos aniversários sem amigos, em casa, no máximo com duas pessoas da família.

Depois de ostentar bolsas, roupas, casas... Agora ostenta-se poder andar sem máscara e sem cuidado e encontrar amigos.

Pelo jeito, a maioria das celebridades não foi orientada de como agir em casos de crise mundial. É esperar para ver se, depois da pandemia, quando a vida estiver, de fato, normal, essas celebridades continuarão tão poderosas.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL