PUBLICIDADE

Topo

Mayumi Sato

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Vibradores ajudam na saúde física da mulher: 5 dicas para aproveitá-los

Estudo aponta que médicos deveriam indicar vibradores à pacientes - Foto de Anna Shvets
Estudo aponta que médicos deveriam indicar vibradores à pacientes Imagem: Foto de Anna Shvets
só para assinantes

Mayumi de Andrade e Silva Sato

Colunista de Universa

03/07/2022 04h00

Eu sempre reforço aqui e nas minhas redes sociais que, além do prazer, sexo é questão de saúde. Recentemente, a interpretação sobre o tema "masturbação feminina" ganhou um capítulo importante na medicina.

Um estudo conduzido pelos pesquisadores do Cedars-Sinai Medical Center, nos Estados Unidos, aponta que médicos devem prescrever o uso regular de vibradores para as mulheres.

Não é de hoje que esse tema virou assunto nos laboratórios; pesquisas já indicavam que a masturbação feminina é benéfica para a saúde física e mental, mas pouco era estudado sobre o assunto.

Uma publicação da revista científica The Journal of Urology comprovou que o uso desses brinquedos eróticos faz bem, melhorando a saúde do assoalho pélvico, reduzindo dores na vulva e auxiliando até em casos de incontinência urinária.

O estudo conduzido pela equipe liderada pela pesquisadora Alexandra Dubinskaya mostrou que mulheres que utilizam vibradores durante a masturbação, levam menos tempo para atingir o orgasmo e aumentam as possibilidades de orgasmos múltiplos, o que proporciona uma melhora na saúde sexual, auxiliando também na redução do estresse.

A pesquisa mostra ainda que vibradores são sim dispositivos terapêuticos e não apenas brinquedos sexuais, e sugere que médicos e especialistas passem a prescrever o uso para as pacientes.

De acordo com a psicóloga e sexóloga Bruna Coelho, graduada pela FEAD com especialização em Gênero, Diversidade e Sexualidade Humana pela UFMG, "o uso regular de vibradores é muito importante por conta do estímulo da região vulvar, para que a mulher tenha conhecimento do corpo, a masturbação é sempre muito bem indicada [...]. Os vibradores são importantes para que a gente consiga ampliar o prazer, e para que a mulher descubra os benefícios do prazer sexual."

Mas, será que existe um tempo médio ou indicado?

Bruna conta que não: "Não existe um parâmetro específico por dia ou por tempo, existe a resposta sexual que compreende esses períodos de desejo, excitação, lubrificação até chegar ao orgasmo".

A sexóloga deixa o alerta: "Lembrando que tem que fazer a higienização correta do aparelho, secar antes de guardar e utilizar um bom lubrificante à base de água".

Para ajudar nessa jornada de descoberta íntima, chamei o terapeuta e educador sexual Andrei Marsiglia, proprietário do sexshop Doce Sensualidade, para montar um top 5 produtos que não podem faltar na sua "cesta básica" do prazer:

1 - Bullet: "Para iniciantes é o mais importante, pois com ele a mulher consegue identificar cada ponto de prazer em toda a vulva e clitóris, descobrindo novas zonas erógenas pelo corpo", diz Andrei.

2 - Excitante: "A palavra às vezes confunde, mas o excitante pode trazer novas sensações e potencializa a sensibilidade em todo genital, trazendo muito mais prazer".

3 - Lubrificante: "Para mulheres que estão com a libido baixa, o lubrificante traz mais segurança e deixa o canal vaginal mais confortável para o estímulo".

4 - Vibrador de penetração: "A vibração no canal vaginal traz novas sensações e descoberta de prazer por toda a vagina, além de simular a penetração de um pênis. Com esse tipo de vibrador, a mulher também pode exercitar o assoalho pélvico".

5 - Sugador de clitóris: "Famoso por trazer orgasmos intensos e rápidos, esse tipo de estimulador vem sendo sucesso e caiu nas graças da mulherada". Andrei conta que, com esse brinquedo, algumas clientes atingiram o orgasmo squirting --que acontece quando a mulher esguicha fluidos da vagina em um momento de absoluto prazer.

E não tem desculpa, tem brinquedos para todos os bolsos: de R$ 30 a R$ 300, você encontra toys que vão intensificar o seu prazer e de quebra ajudar na sua saúde física, mental e sexual.

Hora de colocar essa ppk pra jogo! Me conta aqui nos comentários se você usa um vibrador e qual deles mais gosta.

Mayumi Sato