PUBLICIDADE

Topo

Mayumi Sato

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Quero experimentar o BDSM: veja o kit básico para a dominatrix iniciante

BDSM: um chicotinho não pode faltar - Photo by Anna Shvets from Pexels
BDSM: um chicotinho não pode faltar Imagem: Photo by Anna Shvets from Pexels
Mayumi Sato

Mayumi Sato é meio de exatas, meio de humanas. Pesquisadora e diretora de marketing do Sexlog quer ressignificar a relação das pessoas com o sexo e, para isso, acredita que é preciso colocar a mão na massa, o que inclui decodificar o comportamento humano. Ao longo dos anos, estudando e trabalhando com o mercado adulto, passou a fazer parte de uma rede de mulheres interessadas e ativistas no assunto, por isso sabe que não está "não estamos" só. Idealizadora do cínicas (www.cinicas.com.br) e feminista sex-positive.

Colunista de Universa

28/02/2021 04h00

O fascínio pelo universo BDSM (que, de forma bem resumida, consiste em práticas que envolvem dominação e submissão) não é novo e há milhares de anos o conhecido Kama Sutra já descrevia diferentes formas de aplicá-lo às relações sexuais.

De lá pra cá, com fenômenos como os filmes da série "50 Tons de Cinza", livros e podcasts e contos eróticos, as práticas foram se tornando mais populares, mainstream, acessíveis para aqueles que não necessariamente adotam o BDSM como um estilo de vida, mas que de vez em quando gostam de se aventurar em algo além do sexo trivial.

E para ajudar aquelas e aqueles que, assim como eu, são curiosos e gostam de experimentar coisas novas, consultei experts no assunto para recomendar um kit básico para iniciantes no BDSM. Que podem ser as dominadoras (em geral, mulheres dominatrix, mas obviamente não restrito a elas) e submissos (as).

A Marcela Costa, do sexshop Apimentou, conta que a procura por artigos assim têm crescido a cada dia e os consumidores são homens e mulheres, praticamente na mesma proporção. Como a loja atende a todo tipo de público, é natural que na hora da compra eles ajudem com uma consultoria sobre os itens: "Temos duas especialistas que ficam disponíveis pelo chat do site das 11 à meia-noite, todos os dias, justamente para esclarecer dúvidas e dar dicas de produtos", afirma. Ou seja, não é preciso ter vergonha de perguntar e pedir ajuda!

Os itens mais vendidos, segundo a Marcela, são máscaras, chicotes, algemas, mordaças, chibatas, coleiras e vendas.

Ainda para os iniciantes, a Fernanda é sócia de um dos clubes fetichistas mais conhecidos de São Paulo. Por conta da pandemia e por conhecer o assunto com profundidade, nos últimos meses ela vem prestando consultoria de produtos eróticos e a demanda só aumenta: "A principal dúvida é de como e quando usar. Por isso eu gosto de prestar a consultoria: pois os produtos podem ser usados de várias formas. Por exemplo, o vibrador não precisa ser usado apenas na parte íntima, a pessoa pode usar em outras áreas erógenas. Além de ensinar a usar, sempre gosto de dar dicas, por isso me procuram tanto."

Ela costuma montar um kit básico com plugs anais, velas que viram óleo, grampos para mamilos, lubrificantes, próteses, vibradores e até decoração, que pode ajudar a entrar no clima: "Sempre recomendo usar produtos específicos para as práticas porque é perigoso você usar materiais que não foram feitos para aquilo."

Lord e a Anna Steel são proprietários da Lord Steel Acessórios e produzem artesanalmente acessórios BDSM e fetichistas. Anna conta que a marca começou como algo produzido para uso próprio e para os amigos e, como profundos conhecedores das práticas, puderam elaborar produtos exclusivos com materiais diferenciados: "Fazemos acessórios em couro legítimo, aço inox e latão, temos a preocupação com a estética também. As pessoas procuram exclusividade e resistência principalmente. Um acessório resistente passa uma maior segurança na hora da prática."

Por fim, vamos ao que interessa: Mistress Charlotte é dominatrix profissional há mais de 6 anos e, além de realizar sessões pagas também ministra cursos e workshops sobre as práticas. Foi ela que indicou os 4 produtos básicos para a dominatrix iniciante.

  • Algema
  • Coleira
  • Tapa olho
  • Mordaça com bola

Já dá pra começar a brincar, hein! Vou adicionar aqui alguns itens que, depois de conversar com tantos especialistas, eu também recomendo:

  • Máscara
  • Chicote
  • Lubrificante
  • Preservativos

Só como referência, dependendo de onde você for comprar e escolhendo uns 4 ou 5 itens dessas sugestões, rola montar um kit por uns R$ 250,00. Claro que sempre dá pra gastar mais ou menos, de acordo com o seu grau de exigência dos materiais, visual, etc. Mas, esse é um preço médio. O equivalente a umas 2 ou 3 pizzas, com refri! Parece uma boa para começar a explorar novas práticas e sensações.

Então se você é aspirante a dominadora ou a submisso, já sabe por onde começar!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Mayumi Sato