Topo

Com objetivo de pousar na Lua, nave indiana registra imagens da Terra

Nave da missão Chandrayann-2, que já completou quatro das cinco órbitas ligadas à Terra, registrou esta imagem do planeta - Divulgação/ISRO
Nave da missão Chandrayann-2, que já completou quatro das cinco órbitas ligadas à Terra, registrou esta imagem do planeta Imagem: Divulgação/ISRO

Bruno Madrid

do UOL, em São Paulo

06/08/2019 12h12

A missão Chandrayaan-2, da agência especial indiana ISRO, divulgou suas primeiras imagens da Terra, captadas a 5 mil km de distância do planeta.

A nave já completou quatro das cinco órbitas ligadas ao globo. Kailasavadivoo Sivan, presidente da agência, comemorou o feito e disse que as fotos são "nítidas e bastante impressionantes".

Lançada no dia 22 de julho, a Chandrayaan-2 é a segunda missão lunar da Índia. A expectativa é de que o país pouse uma nave na Lua pela primeira vez no dia 6 de setembro - a primeira atividade foi apenas orbital.

Divulgação/ISRO
Imagem: Divulgação/ISRO

Divulgação/ISRO
Imagem: Divulgação/ISRO

Divulgação/ISRO
Imagem: Divulgação/ISRO

Os objetivos principais da expedição são pousar um robô móvel perto do polo sul da Lua, a cerca de 384 mil quilômetros da Terra, e colocar uma sonda na órbita lunar.

Se houver êxito na missão, a Índia se juntará a um seleto grupo que pousou um dispositivo no solo lunar, composto por União Soviética, Estados Unidos e China.

Inteligência artificial já pinta quadro, faz música e escreve livro: a criatividade humana está ameaçada?

A Arte da Máquina

Ex-presidente conta como a nanica Estônia enriqueceu e se tornou uma referência na tecnologia

Saiba mais

Mais Ciência