PUBLICIDADE
Topo

Eclipse da Lua: como acompanhar o evento que será visto no Brasil

Gabriel Francisco Ribeiro

Do UOL, em São Paulo

17/01/2019 18h02

Os céus do Brasil terão uma ótima oportunidade para quem curte fenômenos astronômicos. Na madrugada do próximo domingo (20) para segunda (21), ocorrerá um eclipse lunar total que poderá ser visto em todo nosso país. O evento ainda coincidirá com uma fase de aproximação da Lua com a Terra, chamada de Superlua. 

O fenômeno será o último total até o ano de 2021, o que faz esse evento atrair ainda mais interesse. A lua cheia estará na sombra da Terra entre 01h34 e 04h51 no horário de Brasília da madrugada do dia 21 (de domingo para segunda).

Para ver o eclipse, não é necessário nenhum aparelho especial. Basta que você esteja em algum espaço ao ar livre e que o céu não esteja nublado. O fenômeno será visível em todo o Brasil.

Aplicativos como o Sky View ajudam a achar mais facilmente a Lua - contudo, se o céu estiver claro e o observador estiver em uma área livre de construções altas, não será difícil achar nosso satélite natural ao olhar para o céu.

Caso alguém queira observar as crateras lunares, basta contar com um binóculo comum em mãos.

O eclipse lunar ocorre quando a Lua é encoberta pela sombra da Terra passando em frente ao Sol. Na primeira hora do fenômeno, nosso satélite natural será "comido" pelo lado esquerdo. O eclipse será total a partir das 2h41 do horário de Brasília, segundo os horários fornecidos pela Nasa.

Até o ano de 2021 ocorrerão outros eclipses lunares, mas apenas parciais - ou seja, só parte da Lua ficará coberta.

Durante o espetáculo, a lua costuma ficar avermelhada. Isso ocorre porque os raios do sol não a alcançarão diretamente e, em vez disso, uma pequena parte dos raios vermelhos se filtrará por meio da atmosfera da Terra e se refratará sobre a Lua.

Com informações da AFP