PUBLICIDADE
Topo

Expansão entre gás de estrelas criou forma alongada da Nebulosa do Lápis

Nebulosa do Lápis tem forma alongada e estranha devido à expansão feita em alta velocidade no espaço - MPG/ESO 2.2-metre telescope
Nebulosa do Lápis tem forma alongada e estranha devido à expansão feita em alta velocidade no espaço Imagem: MPG/ESO 2.2-metre telescope

Do UOL

Em São Paulo

12/09/2012 13h03

O Observatório Europeu do Sul (ESO, na sigla em inglês) divulgou nesta quarta-feira (12) imagem detalhada da Nebulosa do Lápis. Esta nuvem de forma alongada, catalogada como NGC 2736, é uma pequena parte do que restou de uma supernova na constelação de Vela: os gases brilhantes surgiram após a explosão de uma estrela que ocorreu 11 mil anos atrás.

O resto de supernova é uma concha de gás em expansão, e a Nebulosa do Lápis é a região mais brilhante e intensa. O choque violento fez a nebulosa deslocar-se a uma velocidade de milhões de quilômetros por hora, obrigando-a a atravessar o gás por entre as estrelas no espaço. Durante sua rápida expansão, ela foi bloqueada e “travada” pelo gás, o que ajudou a formar pregas compridas e bem diferentes das outras nuvens de poeira e gás.

O telescópio MPG/ESO de 2,2 metros, do observatório de La Silla, no Chile, realçou as diferentes cores da nebulosa, que fica a 800 anos-luz de distância da Terra. Os astrônomos puderam mapear a temperatura do gás e compreender melhor como se deu a sua formação.

Segundo eles, algumas regiões ainda são tão quente que a emissão é tomada por átomos ionizados de oxigênio (os pontos demarcados em azul na fotografia). As outras regiões, que são mais frias, aparecem em vermelho devido à emissão de hidrogênio.  A Nebulosa do Lápis mede cerca de 0,75 anos-luz de diâmetro e está se movendo pelo espaço com cerca de 650 mil quilômetros por hora. 

Tilt