PUBLICIDADE
Topo

ONG entrega a Dilma abaixo assinado com 2 milhões de assinaturas pelo veto total ao Código Florestal

Ativistas aderem ao bordão "Veta, Dilma!" durante um protesto no Rio de Janeiro - Guillermo Giansanti/UOL
Ativistas aderem ao bordão 'Veta, Dilma!' durante um protesto no Rio de Janeiro Imagem: Guillermo Giansanti/UOL

Camila Campanerut

Do UOL, em Brasília

24/05/2012 11h21

A ONG Avaaz entregou na manhã desta quinta-feira (24) um abaixo assinado com dois milhões de assinaturas com apelo à presidente da República Dilma Rousseff pelo veto total do projeto que reforma o Código Florestal, aprovado no último dia 25 de abril na Câmara dos Deputados.

“O texto aprovado é um texto horrível. É muito difícil pensar uma solução que respeite algum pedaço desse texto, é o texto do desmatamento. A gente quer o veto total ao desmatamento. Esse texto com aquilo que está lá tem de ser inteiramente rechaçado”, afirmou o diretor de campanhas da Avaaz, Pedro Abramovay.

Abramovay foi recebido pelos ministros Gilberto Carvalho (Secretaria Geral da Presidência da República), Gleisi Hoffmann (Casa Civil) e Izabella Teixeira (Meio Ambiente) no Palácio do Planalto.

“Houve sinalização de discordância com o que foi aprovado pelo Congresso. Qual exatamente vai ser a decisão (... ). A gente vai acompanhar, fica muito satisfeito que tenham querido receber e dar uma resposta, sem dúvida agora vamos acompanhar vigilantes e observando para saber se a decisão que a presidenta Dilma vai tomar é uma decisão a favor da motosserra ou se é uma decisão a favor do desenvolvimento sustentável”, completou o diretor.

Abramovay foi secretário Nacional de Justiça do Ministério da Justiça e Secretaria Nacional sobre Drogas no início do governo Dilma. A saída dele do cargo ainda no começo de 2011 foi rondada com boatos de que a defesa dele do fim da prisão de pequenos traficantes teria irritado o governo federal.  A versão foi negada pelo Ministério da Justiça.

A um dia do prazo final para definir sobre o veto ou a sanção do projeto, a presidente terá no dia de hoje encontro com os três ministros, a presença do ministro Pepe Vargas (Desenvolvimento Agrário), dando continuidade a uma série de encontros com estes ministros nas últimas duas semanas para debater o projeto.