Topo

"Catastrófico", Dorian passa pelas ilhas Ábaco e parte rumo a Grand Bahama

01/09/2019 22h32

Miami (EUA), 1 set (EFE).- O furacão Dorian, que este domingo tocou a terra nas ilhas Ábaco, nas Bahamas, com categoria 5, se move lentamente para a ilha maior do arquipélago sem que a força dos seus ventos tenha diminuído, e na tarde desta segunda-feira ou na manhã de terça estará perto do litoral da Flórida.

O Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC), com sede em Miami, disse em seu mais recente boletim, publicado às 20h (local, 21h de Brasília), que o Dorian mantém os seus ventos de 259 km/h e se move a cerca de 7 km/h.

O furacão está a aproximadamente 120 quilômetros de Freeport, na ilha de Grand Bahama, e a cerca de 250 quilômetros de West Palm Beach, cidade do litoral leste da Flórida, situada a cerca de 100 quilômetros ao norte de Miami.

Segundo o NHC, nesta segunda-feira e nesta terça, o Dorian continuará se movimentando para o oeste mais lentamente que agora e depois fará um giro gradual para o noroeste. "Espera-se que o Dorian continue sendo um furacão catastrófico durante os próximos dias", afirma o centro.

Os avisos e advertências do órgão para a costa leste da Flórida abrangem uma área que tem o seu ponto mais meridional em Deerfield Beach, a 67 quilômetros ao norte de Miami.

A ressaca ciclônica do furacão pode elevar o nível do mar em até 23 pés (7 metros) sobre o normal da maré nas ilhas Ábaco e Grand Bahama, cujas costas receberão "grandes e destrutivas ondas por várias horas". EFE

Mais Ciência