PUBLICIDADE
Topo

Putin ordena criação de Centro Espacial Nacional em Moscou para até 2020

27/02/2019 11h05

Moscou, 27 fev (EFE).- O presidente da Rússia, Vladimir Putin, ordenou nesta quarta-feira a criação de um Centro Espacial Nacional em Moscou e deu como prazo para tal o dia 15 de janeiro de 2020.

Putin deu a ordem ao seu governo e à Prefeitura de Moscou para que garantam até esta data o estabelecimento do complexo na capital russa, segundo informou hoje o Kremlin.

O centro deve reunir em um mesmo espaço as principais unidades das organizações mais importantes da indústria espacial e de foguetes, agências de projeto espacial, institutos de pesquisa e instituições educativas especializadas.

O diretor da agência espacial Roscosmos, Dmitri Rogozin, disse recentemente que a criação do Centro Espacial Nacional levaria três anos e meio.

"Em um mesmo lugar serão reunidos 20 projetistas e engenheiros da Roscosmos. Acredito que em três anos e meio, segundo nossos cálculos, isso será feito", comentou Rogozin, segundo a agência "Interfax".

No último dia 22, o diretor anunciou que estava previsto estabelecer dentro desse Centro Nacional o escritório central da Roscosmos, escritórios de empresas da indústria espacial, um centro de operações e um centro de controle de voos similar ao que existe atualmente em Korolev, na região de Moscou.

"Isso não significa que vamos transferir a missão de Korolev, mas será um espelho do Centro de Controle. Isso é especialmente importante para tomar decisões sobre o desenvolvimento de novos programas científicos e do programa lunar e da exploração do espaço profundo", explicou o chefe da agência espacial russa.

Está previsto que a nova instituição será criada sobre a base do Centro de Produção e Pesquisa Espacial Jrunichev de Moscou e que ocupará também territórios das aldeias. EFE