PUBLICIDADE
Topo

Califórnia segue lutando contra incêndios que já destruíram 113 mil hectares

31/07/2018 21h00

Los Angeles (EUA), 31 jul (EFE).- Bombeiros e agentes do serviço de atendimento de emergência da Califórnia continuam nesta terça-feira lutando contra os cerca de 15 incêndios que seguem ativos no estado e que já destruíram 113 mil hectares.

Os dados foram divulgados hoje pelo jornal "Los Angeles Times". Pelo menos oito pessoas morreram devido às chamas, que se propagaram com facilidade por causa do calor e do tempo seco na região.

Um dos incêndios, batizado como Carr, é o principal motivo de preocupação para as autoridades locais. De acordo com o último relatório divulgado pelo Departamento Florestal e de Proteção contra Incêndios da Califórnia (Cal Fire), o Carr já destruiu 44,5 mil hectares, e os bombeiros só conseguiram controlar 27% das chamas.

O Carr já destruiu 1.236 imóveis e atinge especialmente o condado de Shasta, a cerca de 400 quilômetros de San Francisco. O fogo começou no último dia 23 de julho perto da cidade de Redding, de cerca de 92 mil habitantes.

As autoridades locais evacuaram 38 mil pessoas por causa do fogo. Do total, cerca de 10 mil já voltaram para suas casas.

Várias partes do Parque Nacional de Yosemite, uma das reservas naturais mais populares do país, seguem fechadas devido ao incêndio Ferguson, que já dura mais de 19 dias e destruiu 23 mil hectares.

No condado de Mendocino, 30,1 mil hectares foram queimados em outros dois incêndios, praticamente não controlados pelos bombeiros da Califórnia.