PUBLICIDADE
Topo

Furacão "Maria" provoca fortes ressacas na costa sudeste dos EUA

25/09/2017 17h28

Miami, 25 set (EFE).- O furacão "Maria", de categoria 1, segue se movendo lentamente para o norte, em paralelo à costa sudeste dos Estados Unidos e gerando fortes ressacas em toda a região, informou nesta segunda-feira o Centro Nacional de Furacões (NHC) dos Estados Unidos.

"Maria", que devastou várias ilhas do Caribe e especialmente Porto Rico na semana passada, está cerca de 480 quilômetros ao sul-sudeste de Cape Hatteras, na Carolina do Norte, e se move a 11 km/h.

Seus ventos máximos constantes são de 130 km/h, de acordo com o boletim emitido pelo NHC às 14h (horário local, 15h de Brasília).

Estão vigentes avisos de tempestade tropical, vigilância de tempestade tropical e ressaca ciclônica para vários pontos da costa dos estados da Carolina do Norte e da Virgínia.

Segundo o prognóstico para as próximas 48 horas, o movimento para o norte continuará até terça-feira à noite, com uma leve diminuição na velocidade de avanço, e depois "Maria" se debilitará gradualmente até converter-se em tempestade tropical.

Em relação a "Lee", outro furacão de categoria 1 localizado ao leste dos EUA, ainda que muito mais afastado, o NHC ressaltou que o fenômeno não representa ameaça alguma para áreas povoadas.