Topo

Conservadores vencem eleições em Alberta e ampliam oposição a Trudeau

17/04/2019 06h12

Ottawa, 17 Abr 2019 (AFP) - O conservador Jason Kenney será o próximo primeiro-ministro de Alberta (oeste do Canadá), após a vitória de seu partido nas eleições provinciais de terça-feira, o que abre uma nova frente de oposição ao chefe de Governo canadense Justin Trudeau a seis meses das legislativas federais.

O Partido Conservador obteve maioria absoluta na Assembleia Legislativa da província, de acordo com as estimativas da imprensa.

O resultado afasta do poder o partido da primeira-ministra esquerdista Rachel Notley, aliada de Trudeau até recentemente na política ambiental.

"Meus amigos, hoje nossa grande província enviou uma mensagem ao Canadá e ao mundo: Alberta está aberta para os negócios", afirmou Kenney em Calgary.

Trudeau felicitou o conservador por sua vitória: "Estou impaciente por colaborar com o governo provincial para criar bons empregos para a classe média, construir infraestrutura e fazer crescer as empresas e indústrias que tornam Alberta próspera".

Em uma campanha centrada na economia, Kenney - crítico frequente de Trudeau - prometeu a retomada da indústria petroleira local, que fica sobre a terceira reserva mundial de petróleo e foi afetada pela queda dos preços em 2014.

Também prometeu cancelar um imposto sobre a emissão de carbono aplicado pela província ao setor de energia, em troca do apoio de Trudeau à ampliação do controverso oleoduto Transmountain, que ainda depende de disputas judiciais.

Os liberais de Trudeau, afetados por uma profunda crise política após acusações de interferência política em um processo judicial, estão atrás dos conservadores nas pesquisas mais recentes para as legislativas de outubro.

jl-et/juf/lda/fp

Mais Tilt