Moto G7 Power x LG K12 Max

Como estes celulares de baixo preço e especificações discretas se comportam no confronto direto?

Wellington Arruda Colaboração para Tilt, em São Paulo

Muita gente prefere smartphones que tenham ótimas especificações, mas muita gente também prefere aqueles que tenham melhor bateria.

Se você é do tipo que quer um aparelho que não precise de um carregador portátil (power bank) ou de uma tomada por perto, este comparativo de Tilt pode ajudar.

Quem é o melhor entre os celulares intermediários Moto G7 Power e LG K12 Max? Qual deles tem a melhor bateria? E o desempenho e câmeras, entre outros itens?

Estes dois aparelhos têm telas bem grandes. A diferença, no fim das contas, é de 0,6 polegada. O que fica de maior semelhança, entre eles, é a baixa resolução.

Ambos apostam na resolução de 720p e no mesmo tipo de tecnologia (IPS LCD). Isto não significa que as duas telas sejam ruins, mas elas não são as melhores já vistas em intermediários.

Há um entalhe em formato de gota no K12 Max. No G7 Power, o recorte é retangular. Dependendo do tipo de conteúdo, os dois aparelhos perdem uma pequena área quando o vídeo ou jogo é esticado.

O recorte, de fato, incomoda pouco nestes aparelhos, e assistir vídeos ou filmes acaba sendo uma experiência boa. Eles também têm tamanho, tecnologia e resolução praticamente iguais, o que deixa as escolhas bem parecidas.

Veredito: A tela do G7 Power ganha por pouco por sua tela ocupar melhor a frente do celular, deixando menos bordas.

Motorola e LG padronizaram seus smartphones. Assim, G7 Power e K12 Max têm visual parecido ao de aparelhos de outras linhas das fabricantes.

Nenhum deles tem tamanho muito confortável para mãos pequenas. Também é importante considerar que tanto o G7 quanto o K12 têm corpo de plástico. Mas o da LG tem certificação militar, o que significa que aguenta situações de impacto (incluindo quedas, temperaturas extremas e até radiação). O da Motorola, por sua vez, é mais pesado que o rival.

Os dois também trazem um leitor biométrico, que está na traseira. O K12 Max, aliás, tem ainda um botão extra para o Google Assistente.

Veredito: O modelo da LG ganhou aqui pelo design bonito que ao mesmo tempo manteve uma construção funcional e resistente. Mas o G7 Power também não faz feio.

O Moto G7 Power é o tipo de smartphone que aguenta dois dias de uso cotidiano. O carregador realmente não precisa estar 100% do tempo do seu lado.

Já no K12 Max, a bateria consegue segurar o uso normal por um dia e meio longe do carregador. E essa também não é uma média nada baixa.

Com você usando redes sociais, ouvindo música, assistindo vídeos, os dois terão bons resultados, mas com uma clara vantagem do G7 Power.

Tempo de reprodução de vídeo:

  • Moto G7 Power: 14h23min
  • LG K12 Max: 7h33min

Tempo de carregamento:

  • Moto G7 Power: 2h25min
  • LG K12 Max: 3h16min

Como foram os testes:

  • Teste de vídeo: usamos um vídeo de 45s com resolução HD (1280 x 720 pixels) e deixamos rodando em looping dentro do Google Fotos (conexão wi-fi).
  • Teste recarga: usamos os carregadores originais de cada aparelho para recarregar a bateria dos respectivos modelos.

A Motorola trouxe apenas uma câmera para o G7 Power. Ele faz boas fotos com boa iluminação, mas peca em baixa luz. O K12 também reduz a qualidade em ambientes com pouca luz, mas tem outras vantagens.

O celular da LG tem dois sensores, sendo um deles voltado para o modo de desfoque. Ele faz cliques melhores com este modo em relação ao rival, que perde um pouco do cenário por se aproximar do objeto.

Veredito: são dois intermediários, mas a câmera com inteligência artificial do K12 Max reconhece oito cenas e ajusta os sensores para as fotos. O G7 Power perde definição no escuro e deixa claro que é pior nesse quesito.

Nas selfies, o K12 Max também traz mais nitidez. Em locais contra uma fonte de luz forte (tipo o Sol), o celular tende a deixar áreas bem estouradas, mas no geral faz um bom trabalho.

No G7 Power, os resultados são "ok", mas com menos definição do que o seu rival. No modo retrato, o K12 também se sai melhor que ele; isso, claro, considerando ambientes com boa iluminação.

Em locais com baixa iluminação, os dois aparelhos não reproduzem imagens tão fiéis. A grande questão, então, é: quem se sai menos pior em lugares assim? E, neste caso, o "menos pior" seria o K12 Max.

A câmera frontal do aparelho da LG tem mais resolução e lente que capta mais luz do que o da Motorola. Os resultados não são dos melhores, mas podem quebrar um galho.

Veredito: No saldo geral da câmera frontal, o K12 Max novamente leva a melhor aqui.

Desempenho não é, exatamente, o foco do G7 Power. Ele tem fluidez na maioria dos aplicativos e segura uma boa quantidade deles na multitarefa. Os problemas mais pontuais estão na memória, já que 32 GB é pouco hoje em dia. Nos games mais pesados, o smartphone tende a reduzir o desempenho.

O K12 Max tem a mesma quantidade de RAM e memória interna, mas peca em desempenho. Para o dia-a-dia, num uso moderado, ele está na média. Mas, ainda assim, aplicativos chegaram a travar e até fechar, como no caso do Spotify. A interface usada pela LG acaba influenciando negativamente no modelo — considerando que o G7 Power tem menos intervenções da Motorola.

Testes

Na comparação com dois aplicativos populares que medem a eficiência, velocidade e poder de processamento, o G7 Power teve uma nítida vantagem em relação ao concorrente.

Isso mostra, entre outros, que seu desempenho é superior ao do K12 Max também com jogos e apps mais exigentes.

Moto G7 Power

AnTuTu: 105.748 pontos

Geekbench 4: registrou 1.247 pontos considerando o desempenho médio por núcleo individual (single-core) e 4.518 pontos considerando a média de todos os núcleos (multi-core).

LG K12 Max

AnTuTu: 70.505 pontos.

Geekbench 4: registrou 761 pontos considerando o desempenho médio por núcleo individual (single-core) e 3.456 pontos considerando a média de todos os núcleos (multi-core).

A Motorola trouxe alguns adicionais legais ao G7 Power. Como, por exemplo, ele traz suporte a TV Digital e resistência a respingos d'água. Nas câmeras, o aparelho traz ainda modos como o de cor seletiva e pode filmar em 4K.

Outro adicional do G7 Power são as Moto Ações, com alguns gestos e atalhos para funções específicas do celular.

No caso da LG, não há possibilidade de gravar em 4K disponível, mas ele tem o já mencionado suporte de inteligência artificial que reconhece até oito temas. Ele também traz som compatível com DTS:X 3D, que melhora a experiência também com fones de ouvido.

Por fim, a LG trouxe para ele a também mencionada certificação "MIL-STD-810G", que garante uma certa resistência ao aparelho.

Moto G7 Power

Tipo de tela

IPS LCD

Tamanho de tela

6,2 polegadas (19.5:9)

Resolução de tela

1.570 x 720 pixels

Sistema operacional

Android 9.0 Pie

Processador

Qualcomm Snapdragon 632 octa-core (1.8 GHz)

Memória

3 GB

Armazenamento

32 GB

Câmera traseira

12 MP (f/2.0)

Câmera frontal

8 MP (f/2.2)

Resistência

Contra respingos d'água

Dimensões

159.4 x 76 x 9.3 mm 

Peso

193 gramas

Bateria

5.000 mAh

Preço

R$ 1.399 (oficial) / R$ 863,10 (Shopping UOL - 16/09) 

LG K12 Max

Tipo de tela

IPS LCD

Tamanho de tela

6,26 polegadas (19:9)

Resolução de tela

1.520 x 720 pixels

Sistema operacional

Android 9.0 Pie

Processador

MediaTek Helio P22 octa-core (2.0 GHz)

Memória

3 GB

Armazenamento

32 GB

Câmera traseira

13 MP (f/2.0) + 2 MP (f/2.4) de profundidade

Câmera frontal

13 MP (f/2.0)

Resistência

Certificação militar (MIL-STD-810G)

Dimensões

161.3 x 77 x 8.7 mm

Peso

170 gramas

Bateria

3.500 mAh

Preço

R$ 1.299 (oficial) / R$ 879,12 (Shopping UOL - 16/09)

No fim das contas, os dois podem ser boas escolhas para quem busca um aparelho de tela grande. Ok, eles ainda têm uma pouco de bordas, mas isso não é o fim do mundo nem chega a atrapalhar sua experiência de uso.

Há outras coisas a serem consideradas, como o fato do G7 ser mais pesado e incômodo. Isso, por outro lado, é compensado na bateria, que dura bem mais que o K12 Max.

Se você já prefere câmeras, a aposta melhor seria no celular da LG. Ele tem mais definição e faz melhores cliques com o modo retrato.

Mas, no fim, o conjunto superior é o do Moto G7 Power. Ele, além de mais bateria, traz desempenho mais eficiente. Aliás, ainda há uma versão com 64 GB deste aparelho, porém mais cara.

E o K12 ainda tem algumas coisas meio esquisitas. Ele traz Bluetooth 5.0, mais recente que o do G7 Power (4.2), porém vem com entrada micro USB. No G7 Power, é usado o padrão Tipo-C.

Curtiu? Compartilhe.

Topo