PUBLICIDADE
Topo

Após mais 150 mil queixas, plataforma Facily recebe US$ 135 mi de investimento

Cena de publicidade da Facily em seu canal no Youtube - Reprodução/ Youtube/ Facily Social Commerce
Cena de publicidade da Facily em seu canal no Youtube Imagem: Reprodução/ Youtube/ Facily Social Commerce

Aluísio Alves

23/12/2021 14h12

A plataforma brasileira de social commerce Facily anunciou na quinta-feira que recebeu um aporte de 135 milhões de dólares, tornando-se o mais novo unicórnio, jargão do mercado para startups avaliadas em ao menos um bilhão de dólares.

O investimento foi uma extensão da rodada Série D, de 250 milhões de dólares, anunciada no mês passado.

A rodada foi liderada pelos fundos de capital de risco Goodwater e Prosus, com participação de Rise Capital, Emerging Variant, Tru Arrow e outros.

O anúncio da startup criada em 2018 com foco em produtos para famílias de baixa renda ilustra a rápida expansão de investimentos internacionais em negócios voltados para comércio eletrônico, que explodiram no Brasil e na América Latina desde o ano passado, em meio às medidas de isolamento social tomadas para tentar conter a pandemia da Covid-19.

O novo aporte ocorreu cerca de um mês depois que a empresa fechou acordo com o Procon-SP para solucionar queixas de consumidores prejudicados por problemas que incluem atrasos em entrega de produtos e falta de reembolso. Segundo o Procon-SP, desde o início do ano até outubro o app registrou mais de 150 mil queixas no órgão de proteção dos consumidores.

Em comunicado, a Facily afirmou que usará os novos recursos para reforçar investimentos em logística e experiência do cliente, além de sustentar os planos de expansão para 2022.