PUBLICIDADE
Topo

Grupo de bebidas Campari sofre ataque hacker e tem dados sequestrados

Reprodução
Imagem: Reprodução

Valentina Za

Em Milão

06/11/2020 18h06

O grupo italiano de bebidas Campari disse nesta sexta-feira que verificações conduzidas após um ataque de hackers mostraram que dados em alguns dos servidores da empresa foram criptografados e algumas informações foram perdidas —esse tipo de crime é conhecido como ransomware.

No início da semana, o grupo com sede em Milão, famoso por seu aperitivo vermelho, disse que havia sido alvo de hackers por volta de 1º de novembro.

O processo de criptografia torna os dados ilegíveis para seus proprietários, que geralmente são solicitados a pagar um resgate pelos hackers para recuperar o acesso.

"Junto com especialistas em segurança cibernética, contivemos o problema e imediatamente implementamos todas as medidas extras de segurança possíveis", disse Campari em nota.

"Ainda estamos investigando o ataque e determinando até que ponto houve qualquer perda de confidencialidade. Neste estágio, não podemos excluir completamente que alguns dados pessoais e comerciais foram levados", acrescentou.

A Campari disse que notificou todas as autoridades de proteção de dados relevantes, bem como a polícia cibernética italiana e o FBI.