Topo

Fintech Rebel recebe aporte de US$10 milhões

03/12/2019 15h04

Por Aluisio Alves

SÃO PAULO (Reuters) - A fintech de crédito Rebel anunciou nesta terça-feira que recebeu um investimentos de 10 milhões de dólares, numa rodada liderada pelo fundo de capital de risco Monashees e pela FinTech Collective, de Nova York.

Segundo a plataforma, os novos recursos serão usados para reforçar o caixa e permitir maiores investimentos em tecnologia. A fintech tem planos de criar novos produtos e melhorar canais de distribuições para aumentar a base de clientes.

Com a nova rodada, os investidores da Rebel incluem Julio Capua, ex-executivo da XP, Bruno Licht, ex-diretor do Banco Garantia, e ex-executivos da Inbev João Guerra e Fued Sadala.

Fundada em 2017, a Rebel oferece crédito sem garantia com valores de 1 mil a 25 mil reais, com prazo de até 24 meses. A companhia afirma oferecer taxas de juros mais baixas do que as praticadas no mercado com uso de tecnologia para fazer avaliações precisas do comportamento financeiro do consumidor.

Tilt