Topo

Zuckerberg dirá ao Congresso que Facebook não é mensageiro ideal para criptomoeda libra

Zach Gibson/Getty Images
Imagem: Zach Gibson/Getty Images

Pete Schroeder

Da Reuters, em Washington (EUA)

22/10/2019 15h40

O presidente-executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, planeja reconhecer no Congresso que o Facebook não é o "mensageiro ideal" para seu projeto da criptomoeda libra, devido às críticas contínuas à empresa.

Segundo texto do depoimento, Zuckerberg dirá que apoia o adiamento do lançamento de libra, atualmente programado para meados de 2020, até que preocupações regulatórias dos EUA sejam totalmente resolvidas. E ele acrescentará que a moeda digital visa a facilitar transferências de dinheiro, e não a competir com moedas soberanas ou impactar a política monetária.

Zuckerberg deve falar na quarta-feira perante o Comitê de Serviços Financeiros da Câmara, onde deve enfrentar críticas dos parlamentares, cautelosos com os esforços do Facebook de criar uma moeda digital e fazer outras incursões na área financeira.

No depoimento, Zuckerberg reconhece as críticas, mas insiste que o projeto da libra tem mérito e pode ajudar milhões de pessoas, facilitando a transferência de dinheiro. Ele também observará que outros países, como a China, já estão investindo em projetos similares.

"Acredito que isso é algo que precisa ser construído, mas entendo que não somos o mensageiro ideal no momento", diz o texto. "Tenho certeza que as pessoas gostariam que fosse alguém, não o Facebook, que apresentasse essa ideia".

Embora reconheça erros, Zuckerberg insiste que a tecnologia, e o Facebook em particular, ainda tem muito a oferecer, e se opõe às fortes críticas à empresa.

"Se o ceticismo saudável se tornar hostilidade total, colocaremos muito progresso em risco", diz o documento. "Entendo que as pessoas têm preocupações com a libra. Mas acho que seria ruim para o nosso país e o mundo se as empresas fossem desencorajadas a enfrentar desafios como esse".

Veja mais economia de um jeito fácil de entender: @uoleconomia no Instagram.

Ouça os podcasts Mídia e Marketing, sobre propaganda e criação, e UOL Líderes, com CEOs de empresas.

Mais podcasts do UOL em uol.com.br/podcasts, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas.

Fundador do Facebook se preocupa com novo governo dos EUA

Band Notí­cias

Tilt