Topo

Huawei se une a China Mobile em oferta pela Oi, diz site

21/09/2019 14h07

SAO PAULO (Reuters) - A fabricante chinesa de equipamentos de telecomunicações Huawei está unindo forças com a China Mobile para entrar em uma disputa pela compra da Oi, na tentativa de aumentar sua presença no país, informou o site de notícias do jornal O Globo neste sábado .

    De acordo com a reportagem, as duas empresas chinesas antecipam um crescimento significativo nos negócios assim que o Brasil começar a implantar sua tecnologia sem fio de quinta geração (5G) e os 360 mil quilômetros de infraestrutura de fibra da Oi são vistos como um ativo atraente.

    A Oi se recusou a comentar o assunto, enquanto a Huawei e a China Mobile não responderam imediatamente aos pedidos de comentários da Reuters.

    Maior operadora de telefonia fixa do Brasil, a Oi luta para se recuperar desde que pediu recuperação judicial em junho de 2016 para reestruturar cerca de 65 bilhões de reais de dívida.

    Na quinta-feira, a Reuters informou que, ao negociar sua rede móvel com a espanhola Telefonica e a Telecom Italia, a Oi também estava envolvida em negociações preliminares com a AT&T e outra empresa chinesa.

(Reportagem de Gabriela Mello)

Mais Tilt