Topo

Avast atualiza previsão para 2019 com alta na demanda de produtos de privacidade

14/08/2019 12h29

Por Paul Sandle

LONDRES (Reuters) - A empresa de cibersegurança Avast disse que a demanda por produtos que protegem a privacidade dos usuários, como VPN e AntiTrack, impulsionará a receita deste ano para o topo da faixa de um dígito após um aumento de 9% no primeiro semestre.

A empresa listada em Londres, que cresceu através de um modelo "freemium", em que oferece seu software de antivírus básico gratuitamente e depois vende serviços adicionais, disse que os clientes estão cada vez mais cientes dos riscos online.

"O AntiTrack ajuda os usuários a parar o rastreamento tanto de anunciantes quanto outros coletores de dados", disse o presidente-executivo, Ondrej Vlcek, em entrevista.

A Avast também viu uma forte demanda por seu navegador de alta segurança, disse ele, com o número de usuários ativos subindo para cerca de 40 milhões. A empresa monetiza o navegador por meio de receita de busca e de publicidade, disse ele.

A empresa divulgou um aumento de 9,2% na receita ajustada do primeiro semestre, para 421,7 milhões de dólares, acima da estimativa consensual fornecida pela empresa de 414 milhões.

O lucro ajustado do núcleo aumentou 6,5%, para 236,5 milhões de dólares, superando uma projeção de 229 milhões.

Tilt