Topo

Foxconn tem queda menor que a esperada no lucro do 2° tri

13/08/2019 12h45

TAIPÉ (Reuters) - A taiuanesa Foxconn, que fabrica smartphones para a Apple e outras marcas, divulgou nesta terça-feira uma queda de 2,5 por cento no lucro trimestral, um declínio ligeiramente menor do que o esperado por analistas.

A Foxconn, maior fabricante terceirizada de eletrônicos do mundo e formalmente conhecida como Hon Hai Precision Industry, teve lucro líquido de 17 bilhões de dólares taiuaneses (542 milhões de dólares) para o trimestre de abril a junho, contra uma previsão média de 16 bilhões de dólares taiuaneses, segundo 14 estimativas de analistas compiladas pelo Refinitiv.

A empresa não deu mais detalhes sobre as causas do declínio no lucro em relação aos 17,49 bilhões de dólares taiuaneses do ano anterior.

A Foxconn está enfrentando fraca demanda global por outros dispositivos eletrônicos, o que a obrigou a considerar a venda de sua fábrica de telas de 8,8 bilhões de dólares na China, informou a Reuters na semana passada.

Para aliviar o impacto de novas tarifas de importação pelos Estados Unidos, a Foxconn pode considerar a transferência de partes de suas linhas de produção para o Vietnã e para a Índia, disse Arthur Liao, analista da Fubon Research em Taipé, antes dos resultados.

"Achamos que o Vietnã é mais provável para ser a principal base de produção para futuros produtos da Apple, já que muitos componentes podem ser transportados diretamente de trem da China, economizando custos de liberação alfandegária e de transporte aéreo", disse ele.

(Por Yimou Lee)

Mais Tilt