Topo

Europeus agora poderão escolher no Android outra busca em vez do Google

Aparelhos vendidos com Android no continente exibirão quatro opções de mecanismos de busca - Getty Images
Aparelhos vendidos com Android no continente exibirão quatro opções de mecanismos de busca Imagem: Getty Images

Philip George

Da Reuters, em Bangalore

02/08/2019 11h32

O Google permitirá que usuários de dispositivos Android na Europa escolham seu mecanismo de busca padrão entre quatro opções, incluindo o próprio Google, disse a empresa, ao tentar anular as preocupações antitruste da UE e evitar novas penalidades.

Novos smartphones e tablets que utilizam o sistema operacional Android vendidos na Área Econômica Europeia (EEA) terão uma "tela de escolha" exibindo quatro opções de mecanismos de busca que os usuários podem escolher a partir do início de 2020, disse o Google em um post em seu blog.

Os provedores de mecanismos de busca poderão fazer lances em um leilão para ganhar uma vaga nas telas dos usuários, junto com o Google, para se tornar o mecanismo de pesquisa padrão do dispositivo na tela inicial do Android, bem como no navegador Google Chrome.

Os leilões serão realizados em cada país da EEA e os três maiores proponentes de um determinado país aparecerão na 'tela de escolha', disse a empresa de tecnologia dos EUA.

A iniciativa do Google segue a decisão da Comissão Europeia no ano passado de multar a gigante de tecnologia em 4,34 bilhões de euros por bloquear rivais em seu sistema operacional móvel Android.

A Comissão Europeia disse que o Google tem uma vantagem injusta ao pré-instalar seu navegador Chrome e o aplicativo de busca do Google em smartphones Android.

Mais Negócios