PUBLICIDADE
Topo

Quer usar melhor o LinkedIn? Confira 5 recursos pouco conhecidos

Confira dicas para usar melhor os recursos oferecidos no LinkedIn - Eric Fiori/Arte UOL
Confira dicas para usar melhor os recursos oferecidos no LinkedIn Imagem: Eric Fiori/Arte UOL

Fernando Barros

Colaboração para Tilt, em Salvador

24/06/2022 04h00

Voltado para conexões profissionais, o LinkedIn afirma ter mais de 774 milhões de usuários nos países de atuação. Só no Brasil, são mais de 50 milhões de pessoas cadastradas. E engana-se quem ache que a plataforma funciona só para exibir um currículo online. Existem diferentes ferramentas estratégicas que podem melhorar sua jornada profissional.

Tilt separou cinco recursos do LinkedIn pouco conhecidos para muita gente. Eles ajudam a fazer pesquisas mais eficientes, ampliar o networking, publicar conteúdo e acompanhar novidades e atualizações do mercado de trabalho. Confira:

1. Buscas mais certeiras

As pesquisas feitas através da barra de busca dentro da plataforma ficam mais precisas se você combinar palavras-chaves com os operadores: AND, NOT e OR (E, NÃO e OU, em tradução direta dos termos em português).

Trata-se da pesquisa booleana. Os termos destacados acima devem ser sempre digitados em letras maiúsculas.

  • Use aspas para procurar um termo exato. Por exemplo: "redator", se seu objetivo é localizar vagas que tenham esse termo cadastrado.
  • Use a palavra NOT antes de um termo que você deseja que não apareça entre os resultados de busca. Vamos supor que você procura pelo cargo de analista e não de assistente. Então, basta digitar "analista NOT assistente".
  • Use a palavra OR para que os resultados ofereçam ao menos um dos termos associados, como "analista OR assistente".
  • Use a palavra AND entre temas que você busca. Por exemplo, você busca por oportunidades de trabalho online como redator em Salvador. Então busque por "redator AND Salvador AND home office".
Pesquisa booleana no LinkedIn - Reprodução/Tilt - Reprodução/Tilt
LinkedIn: pesquisa booleana
Imagem: Reprodução/Tilt

2. Personalização de URL

Ao invés de uma URL com palavras e números aleatórias criada automaticamente para linkar a página de seu perfil, você pode personalizá-la. Assim, as pessoas podem encontrar você mais facilmente dentro da rede.

A URL customizada deve conter de 3 a 100 caracteres, não podem ser usados espaços, símbolos nem caracteres especiais e é possível alterá-la até cinco vezes num período de seis meses.

Personalizar URL - Reprodução/Tilt - Reprodução/Tilt
Imagem: Reprodução/Tilt
  • Para fazer a personalização, acesse seu perfil e vá até a lateral direita da página em "Editar perfil público e URL".
  • Nesse menu, vai aparecer a opção "Editar sua URL personalizada".
  • Basta clicar no ícone do lápis para abrir a caixa de texto e digitar como você quer que sua URL seja vista.
Personalizar URL no LinkedIn - Reprodução/Tilt - Reprodução/Tilt
Imagem: Reprodução/Tilt

3. Modo de criação

Quer produzir conteúdo e se tornar um influenciador dentro da rede? O modo de criação é uma ferramenta que pode ajudar nesse sentido.

Ele permite, por exemplo, a possibilidade de você fazer lives e produzir e enviar newsletters para os seus seguidores.

Para ativá-la, basta ir na aba "Recursos" na página do seu perfil.

Modo de criação no LinkedIn - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Além disso, você pode definir os assuntos sobre os quais você fala dentro da rede e eles serão exibidos como hastags no topo do seu perfil. Isso permite que outros usuários que se interessem por esses temas possam identificar você e começar a seguir sua conta.

4. Acompanhe o desempenho do seu perfil

O Social Selling Index ou SSI é um índice criado pelo LinkedIn para medir o desempenho do seu perfil numa escala de 0 a 100. Quanto mais próximo de 100, maiores são as chances de se destacar na plataforma.

Para o cálculo desse indicador, são levados em conta, entre outros quesitos, o quanto você estabelece sua marca profissional, se você cria relacionamentos na rede, como interage com as suas conexões, se sabe localizar as pessoas certas e o quanto oferece conteúdo útil e relevante.

Social Selling Index  no LinkedIn - Reprodução/Tilt - Reprodução/Tilt
Imagem: Reprodução/Tilt

Para verificar como anda seu desempenho na plataforma de acordo com esse índice, basta acessar o link http://linkedin.com/sales/ssi

Nessa página, o próprio LinkedIn mostra sua pontuação e fornece dicas de como você pode aumentá-la. É possível também acessar um comparativo de como está seu índice em relação aos outros profissionais da sua área de atuação e à sua rede de contatos no geral.

5. Fique invisível no LinkedIn

Quer dar um tempo da rede sem precisar encerrar sua conta de forma definitiva? Funcionando como uma espécie de desativação temporária do perfil, a hibernação é uma alternativa.

Ao acioná-la, seu perfil ficará invisível para as outras pessoas e você também não aparecerá mais nas pesquisas realizadas dentro da plataforma.

As publicações e comentários que postou, as mensagens enviadas para alguém ou as recomendações que fez para suas conexões serão mantidas, mas você não será identificado, aparecendo como "Um usuário do LinkedIn".

Feita a hibernação, se você quiser reativar sua conta, será necessário esperar 24 horas. Após esse período, basta acessar a rede com login e senha e será enviada uma solicitação de reativação para o LinkedIn. Em poucos instantes, seu acesso é liberado e você volta a utilizar seu perfil normalmente.

  • Vá até o topo da página inicial do LinkedIn e clique no ícone da sua foto.
  • Ao abrir o menu suspenso, selecione a opção "Configurações e privacidade" na aba "Conta".
  • Depois, no menu "Preferências da conta", localize a seção "Gerenciamento da conta".
  • Escolha "Colocar conta em hibernação".
Hibernação no LinkedIn - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Ao abrir a nova janela, se quiser informe o motivo pelo qual está desativando a conta, e clique em avançar. Feito isso, o LinkedIn vai pedir para inserir sua senha para efetivar a hibernação.