PUBLICIDADE
Topo

Por R$ 24,90, novo Telegram Premium transcreve áudio e elimina propagandas

Getty Images
Imagem: Getty Images

Thaime Lopes

Colaboração para Tilt, em São Paulo

20/06/2022 11h32Atualizada em 20/06/2022 12h18

O serviço de mensagens Telegram terá oficialmente uma versão paga. A empresa anunciou a novidade no domingo (19) detalhando os diferentes recursos que a plataforma terá. O valor em reais não foi divulgado, mas Tilt observou na atualização do aplicativo a cobrança de R$ 24,90 por mês.

O Telegram Premium, como é chamado, permitirá, por exemplo, o envio de arquivos de até 4 GB (os usuários comuns seguem com o limite de 2 GB), transcrição de mensagens de voz e fim de propagandas. A plataforma reúne atualmente mais de 700 milhões de usuários ativos mensais, informou a empresa em seu comunicado.

A atualização está sendo realizada gradualmente, segundo o Telegram. Se você não visualizar a versão paga em seu aparelho, a empresa aconselha aguardar um pouco, "pois a nova versão estará disponível em breve."

"Percebemos que a única forma de permitir recursos que nossos fãs nos pedem, enquanto mantemos os recursos já existentes funcionais, é criar uma opção paga", afirmou Pavel Durov, fundador e presidente-executivo da plataforma, no último dia 11 de junho, já antecipando esse lançamento.

Telegram Premium vai custar R$ 24,90 - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Confira a seguir os recursos para quem optar pela assinatura mensal do serviço de mensagens:

  • Limites dobrados de canais (até 1.000)
  • 20 pastas de chat com até 200 chats cada
  • Adicionar uma 4ª conta
  • Fixar 10 chats na lista principal
  • Salvar até 10 stickers (figurinhas) favoritos
  • Biografia mais longa com possibilidade de adicionar link
  • Até 400 Gifs favoritos
  • 20 links públicos t.me
  • Conversão de mensagens de voz para texto
  • Stickers com animações em tela cheia
  • Download na maior velocidade possível
  • Envio de arquivos de até 4GB (espaço médio para 4 horas de vídeo 1.080p ou 18 dias de áudio de alta qualidade, segundo o Telegram).
  • 10 novos emojis para reações em mensagens
  • Gestão de conversas: com a possibilidade de alterar a pasta padrão de chats para pastas personalizadas. Exemplo: "Mensagens não lidas". Para alterar, pressione e segure uma pasta em sua lista de chats > Reordenar > e arraste a pasta desejada para o primeiro espaço.
  • Fotos de perfil animadas: é possível configurar vídeos para serem exibidos nas conversas e listas de chats.
  • Emblema especial: uma estrela azul identifica que a conta é Premium.
  • Novos ícones do app: três opções de ícones para personalizar a tela inicial do aparelho.
  • Ausência de anúncios

Como assinar?

Basta acessar a parte de "Configurações" do app e selecionar a opção Telegram Premium, que aparece logo abaixo de "Stickers e Emojis".

O pagamento é realizado via a forma de pagamento cadastrada no iPhone (por meio da App Store ou Android (com dados usados pela Google Play).

Como fica para quem não quer pagar?

De acordo com o Telegram, os recursos que já existiam permanecem gratuitos.

"Além disso, usuários não premium poderão desfrutar de alguns dos benefícios do Premium: por exemplo, baixar os documentos extragrandes e visualizar stickers enviados por usuários premium, bem como tocar para aumentar os contadores nas reações premium que já foram adicionadas a uma mensagem", diz a companhia em seu comunicado.

A atualização da plataforma também envolve as solicitações de participação em grupos. Com a novidade, os administradores de grupos públicos poderão revisar a participação de novos membros antes de aprová-los para escrever no chat.

  • Veja como aqui fazer e outras novidades liberadas pela empresa.