PUBLICIDADE
Topo

Igual a Samsung? iPhone 14 deverá ter tela sempre ligada

Novidades devem ser apresentadas durante o WWDC 2022 - Reprodução
Novidades devem ser apresentadas durante o WWDC 2022 Imagem: Reprodução

Felipe Mendes

Colaboração para Tilt

01/06/2022 19h25

O iPhone 14 ainda não chegou, mas já gera grande expectativa nos fãs da marca. O mais novo rumor sobre a chegada do aparelho aponta que ele pode ganhar o recurso Always On Display (tela sempre ligada) nas versões Pro e Pro Max. A informação foi publicada por Mark Gurman, da Bloomberg, que costuma antecipar algumas novidades da Apple.

A função é bastante esperada pelos usuários de iOS e já existe há muitos anos em celulares que utilizam sistema operacional Android, como os da rival Samsung. O Always On Display é um recurso que mostra informações de maneira permanente na tela, como hora e previsão do tempo. O especialista ainda acredita que pode ser que a Apple inclua papéis de paredes e widgets.

As mudanças seriam incorporadas no iOS 16, e se os rumores forem verdade, serão oficializadas durante a Conferência Mundial de Desenvolvedores da Apple (WWDC) deste ano, que ocorrerá entre os dias 6 e 10 de junho.

"Disseram-me que o iOS 16 cria suporte futuro para o Always On Display, algo que a Apple estava planejando originalmente para o iPhone 13 do ano passado. Isso permitiria que o iPhone reduzisse significativamente a taxa de quadros na tela de bloqueio e exibisse informações rapidamente visíveis - semelhante aos Apple Watches mais recentes", escreveu Gurman.

Apesar de dar a impressão de que.o Always On Display gaste mais bateria, isso não é verdade. Isso porque ele aproveita as capacidades da tela de desligar os pixels escuros quando ela estiver toda preta. Assim, as informações são exibidas sem que a bateria seja consumida rapidamente, como se a tela toda estivesse acesa.

Especialistas acreditam que o consumo tenha um aumento pouco expressivo —- cerca de 1%, segundo o The Verge.

Gurman afirma que o funcionamento será semelhante ao que ocorre no Apple Watch Series 5. Contudo, não deixou claro se o novo iPhone usará a mesma tela de óxido policristalino (LTPO) de baixa temperatura que a Apple usa em modelos mais recentes de Watch. São essas telas que possibilitam que o recurso Always On Display possa ficar ativo sem consumir tanta energia.

Mas as novidades no novo aparelho da Apple não devem parar por aí. Gurman já havia antecipado que o novo iPhone Pro terá uma "nova câmera frontal e recorte do Face ID, um chip A16 e uma câmera traseira de 48 megapixels. Há também a possibilidade de enviar mensagens de texto de emergência por redes satélites", diz ele.

WWDC deve ter lançamento de novos Macbooks com chip M2

Não foram apenas especulações sobre o novo iPhone que estiverem presentes na publicação de Gurman. Ele também afirma que a Apple planejava lançar um novo modelo de MacBook Air com o chip M2.

"Se houver algum hardware na WWDC, provavelmente será no lado do Mac. A empresa tem como objetivo lançar o próximo MacBook Air com chips M2 na conferência. A recente crise na cadeia de suprimentos devido a fechamentos relacionados ao Covid na China complicou isso, mas os desenvolvedores dizem que os funcionários da Apple estão usando cada vez mais MacBook Airs de próxima geração com seus aplicativos. Isso é um sinal de que o novo Mac está próximo", pontua.

Mesmo se não houve um grande anúncio de hardware, Mark Gurman espera grandes novas atualizações de software para dispositivos como iPadOS 16, watchOS 9, tvOS 16 e macOS 13.