Topo

Xiaomi 12 chega por R$ 9.500 com pasta secreta para apps de banco; conheça

Imagem: Xiaomin/Divulgação

Hygino Vasconcellos

Colaboração para TILT, em Balneário Camboriú (SC)

11/05/2022 18h47

A Xiaomi anunciou nesta quarta-feira (11) no Brasil o lançamento do Xiaomi 12, seu novo celular Android top de linha, pelo preço sugerido de R$ 9.499,99.

Entre os destaques, a empresa chama a atenção para uma proteção extra em caso de roubos: o recurso "Aplicativos Ocultos", que protege aplicativos de banco (ou qualquer outro) com uma senha diferente da utilizada para o desbloqueio do celular.

Mas a tecnologia não é lá uma novidade. Outras marcas — como a Samsung e Realme — já oferecem o recurso, que pode ser configurado também em qualquer Android usando um app do Google, ou no iOS com um sistema da Apple (veja abaixo como ativar).

Apesar disso, a proteção extra é uma alternativa para evitar dor de cabeça, como o que ocorreu com o empresário Bruno de Paula, que teve o celular tomado por ladrões e sofreu um prejuízo de mais de R$ 143 mil em empréstimos, transferências via Pix, pagamento de boletos e até compra de sete garrafas de uísque (cada uma no valor de R$ 329) no iFood.

Segundo a Xiaomi, o recurso "Aplicativos Ocultos" vem pré-instalado com a MIUI 13, a versão modificada do sistema Android que a empresa usa em seus celulares.

Diferenciais do Xiaomi 12

O Xiaomi 12 é considerado o novo topo de linha da marca chinesa. Disponível nas cores azul e preta, o aparelho traz uma série de recursos de ponta para competir com modelos como o Galaxy S22, da Samsung; o Edge 30, da Motorola; e o iPhone 13, da Apple.

Nas câmeras, ele conta com o Xiaomi ProFocus, função que permite registrar objetos ou pessoas em movimento com clareza a partir de um algoritmo associado ao foco da câmera que identifica e rastreia a cena do início ao fim.

O aparelho também permite fazer vídeo no modo "ultra noturno", que usa inteligência artificial para iluminar a cena e capturar detalhes no escuro. A Xiaomi diz que as imagens em condições com pouca visibilidade "apresentam qualidade profissional com altíssima qualidade", em comunicado à imprensa.

O Xiaomi 12 possui três câmeras: uma grande angular de 50 MP (principal), uma secundária de 5 MP (macro, que permite se aproximar de um objeto sem perder o foco) e uma terceira de 13 MP (ultragrande angular, que amplia o ângulo de visão para mostrar uma área maior da cena).

O aparelho pesa 180 gramas e tem 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento. Além disso, o Xiaomi possui carregador ultrarrápido USB-C e bateria de 4.500 mAh. O processador é o Snapdragon 8 Gen 1, o mais poderoso disponível para celulares Android no momento.

O Xiaomi 12 está disponível para venda pelo site da marca ou nas lojas físicas nos shoppings Ibirapuera, Center Norte e Morumbi, em São Paulo; Park Jacarepaguá e Barra Shopping, no Rio de Janeiro; Park Shopping Barigüi, em Curitiba; e Salvador Shopping, na capital baiana.

Ficha técnica do Xiaomi 12:

  • Tela: 6,28 polegadas; Amoled; 1080 x 2400 pixels;
  • Processador: Snapdragon 8 Gen 1 5G;
  • Câmeras: 50 MP (principal), 5 MP (telemacro) e 13 MP (ultragrande angular);
  • Bateria: 4.500 mAh com carregador de 67 W;
  • Armazenamento: 256GB de armazenamento
  • Memória: 8 GB de RAM;
  • Cores: Azul e Preta
  • Sistema Operacional: MIUI 13 (Android 11)
  • Preço: R$ 9.499,99

Como ativar a "pasta segura" em outras marcas

Apple

  1. Entre em Ajustes > Tempo de Uso > Limite de Apps > Adicionar Limite;
  2. Selecione "Tudo (Apps e Categorias)" ou escolha os apps que você quer trancar;
  3. Clique em "Seguinte" e defina o tempo de bloqueio;
  4. Clique em "Adicionar" em seguida;
  5. Volte para a página de "Tempo de Uso" e toque na opção "Usar Código";
  6. Defina uma senha, diferente da usada no desbloqueio de tela. Já quem tem aparelhos com o sistema operacional.

Samsung

  1. Abra o menu de configurações em seu Samsung;
  2. Selecione Biometria e Segurança;
  3. Toque em "Pasta Segura";
  4. Faça login com a sua conta Samsung;
  5. Defina um tipo de bloqueio para a Pasta Segura - padrão; Pin; senha; impressões digitais;
  6. Um atalho para a "Pasta Segura" será criado na tela inicial. Clique nele e, na sequência, no símbolo"+"
  7. Selecione os aplicativos que deseja colocar na pasta segura.
  8. É possível também mover arquivos. Primeiro é preciso selecioná-lo com um toque e depois vá nos três pontinhos. Na sequência, vai aparecer a opção "Mover para a Pasta Segura". Também é possível fazer o mesmo processo direto da "Pasta Segura". Toque nos três pontinhos à direita e selecione "Adicionar arquivos".
  9. Tome cuidado ao adicionar os aplicativos já que será criada uma nova versão dentro da Pasta. Por isso, após incluir os apps na "Pasta Segura" e configurá-los, será preciso desinstalar a "cópia" dos apps que ficaram na tela inicial. Se não fizer isso, ainda será possível acessar os aplicativos sem precisar acessar a "Pasta Segura".

Outros modelos de Android

  1. Caso ainda não tenha instalado, baixe o aplicativo "Files do Google";
  2. Role a tela e passe a seção "Coleções";
  3. Toque em "Pasta Segura" e selecione PIN ou Padrão. Na sequência, defina qual vai ser o PIN ou o Padrão
  4. Para mover os arquivos há duas maneiras, dependendo da forma de visualização. Se a visualização for em lista, toque nos três pontinhos e "Mover para a Pasta Segura". Se estiver em visualização de grade, toque e mantenha pressionados os arquivos para movê-los. E, na parte superior da tela, toque nos três pontinhos e "Mover para a Pasta Segura".

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Xiaomi 12 chega por R$ 9.500 com pasta secreta para apps de banco; conheça - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL


Lançamentos