PUBLICIDADE
Topo

Cinema no espaço? Estação Espacial vai acoplar estúdio de filmagem em 2024

ISS - Reuters
ISS Imagem: Reuters

Gabriel Daros

De Tilt, em São Paulo

22/01/2022 09h00

A ISS (Estação Espacial Internacional) pode receber, nos próximos anos, um novo módulo que acrescentará uma arena de esportes e um estúdio de produção cinematográfica. A construção é uma parceria do centro de pesquisas espacial com a S.E.E. (Space Entertainment Enterprise), uma empresa contratada para coparticipar do novo filme de Tom Cruise, com filmagens previstas para 2022.

Segundo reportagem da Variety, o longa-metragem terá parte de suas gravações realizadas no espaço. Batizada de SEE-1, a construção do módulo será realizada pela Axiom Space, a empresa que, em 2020, foi a primeira a receber autorização da Nasa para construção de módulos comerciais na estação.

Uma vez instalada e concluída, em dezembro de 2024, a SEE-1 passará a produzir seus próprios conteúdos no espaço, bem como ceder as estruturas para gravações e eventos espaciais de terceiros.

Conteúdos no espaço

No momento, a obra será acoplada à Axiom Station — a estação de módulos comerciais que incluirá, futuramente, áreas de turismo e centros comerciais. O plano da Axiom é que outras seções sejam construídas até 2028, e que permitam que ela se desacople e ganhe independência da ISS.

Uma vez que a estrutura estiver completa, o módulo permitirá também a transmissão de eventos de cinema, televisão, música e dos esportes. As obras permitirão que artistas, produtores e profissionais da indústria criativa gravem e desenvolvam conteúdo em um ambiente de gravidade zero.

"O design do modo inflável fornece aproximadamente seis metros de diâmetro de volume pressurizado e sem obstrução", afirma o engenheiro-chefe da Axiom, Dr. Michael Baine. Segundo o representante da empresa, a estrutura fornecerá uma série de equipamentos para captura de imagens de uma verdadeira experiência sem peso.

Até o momento, não se sabem os custos estimados para a construção da obra. A S.E.E. e a Axiom estão em etapa de captação de recursos e financiamento.

Corrida espacial

O filme de Tom Cruise, ainda não nomeado, contará com a presença do mesmo diretor de No Limite do Amanhã, Doug Leeman, e já tem um orçamento avaliado para US$ 200 milhões. À época de seu anúncio, ele brigava pelo título de primeiro longa-metragem do mundo a ser filmado no espaço.

No entanto, o filme não nomeado perdeu a corrida espacial para a Rússia, que realizou as filmagens do longa "The Challenge" no dia 5 de outubro de 2021. O longa, previsto para estreia ainda neste ano, conta a história de uma médica enviado para o espaço, para salvar a vida de um cosmonauta.

Durante as gravações, a Roscosmos, agência espacial federal russa, anunciou o recrutamento da atriz não com base na sua experiência em telas, mas com suas capacidades atléticas:

"A atriz deve pesar entre 50 a 70 kg, e ter o 'perímetro torácico' de até 112 cm. Ela deve ser capaz de correr um quilômetro em três minutos e meio, nadar 800 metros livres em 20 minutos, e mergulhar de uma prancha de três metros de altura com uma técnica impressionante", disse a agência.