PUBLICIDADE
Topo

Cozinheira troca McDonald's pelo TikTok e fatura R$ 57 mil por mês no app

Maddison Peel, 22, bombou com um vídeo no TikTok e deixou seu emprego em rede de fast food - Reprodução/TikTok
Maddison Peel, 22, bombou com um vídeo no TikTok e deixou seu emprego em rede de fast food Imagem: Reprodução/TikTok

Aurélio Araújo

Colaboração para Tilt, em São Paulo

23/12/2021 08h31

Maddison Peel, jovem americana de 22 anos, trabalhava até o ano passado num McDonald's. Ativa no TikTok, ela viralizou com um vídeo no qual assava um frango ao som de uma música da cantora Cardi B. Decidiu então se demitir e transformar o app de vídeos na sua profissão.

A escolha se mostrou correta do ponto de vista financeiro: na rede de fast food, Peel ganhava 12 dólares (R$ 68,55) por hora. Agora, ela ganha, a cada mês, valores entre US$ 5.000 e US$ 10.000 (R$ 28,5 mil e R$ 57,1 mil).

Em entrevista ao site "Insider", Maddison Peel conta que pediu demissão do McDonald's, onde trabalhava desde os 15 anos, apenas uma semana depois que o vídeo do frango viralizou.

"Eu sei que isso não foi muito responsável, mas eu vi um futuro promissor no TikTok e já tinha tido contato de várias marcas só com aquele vídeo", afirmou.

O perfil dela no TikTok sempre foi voltado à culinária, tanto que o endereço é @MaddisonsKitchen - em português, "cozinha da Maddison". Hoje, ela já possui parcerias com marcas como a rede de supermercados Walmart, a gigante do varejo Kroger e a multinacional alimentícia Heinz.

O salto para o estrelato

O vídeo de Maddison Peel preparando seu frango assado tem quase 1 milhão de curtidas. Ao som de "Up", de Cardi B, ela simplesmente vai mostrando passo a passo como assa o seu frango, sem dar muitos detalhes sobre a quantidade ingredientes ou temperatura de forno.

Em menos de um minuto, Peel filma a si própria misturando alguns temperos, fatiando legumes e recheando a ave. A linguagem simples, porém, é um dos trunfos dos TikTokers (nome dado a quem trabalha com o aplicativo de origem chinesa) mais famosos.

Aqui, o TikTok que a alçou a fama:

Além disso, a jovem contou ao "Insider" que não tem um diploma de nível superior ou mesmo treinamento em cozinha clássica, para além da sua experiência na rede de fast food. Ainda assim, sua forma de comunicar parece ter encontrado um público fiel.

"Você consegue criar conteúdo sobre qualquer coisa pela qual for apaixonado. As pessoas podem ver e então você pode transformar isso em negócios, mesmo que seja do dia para a noite", diz. A descrição do seu perfil é direta ao ponto como ela, contando apenas com a frase "eu gosto de comida".

Hoje, ela possui 350 mil seguidores e 11,8 milhões de curtidas nos seus vídeos no TikTok. O número de curtidas é importante, uma vez que, no app, você não vê vídeos apenas das pessoas que segue. Ter muitas curtidas ajuda a mostrar para o algoritmo que você tem relevância na plataforma.

Como são os vídeos da Peel

Os vídeos produzidos por Peel são simples e brincam um pouco com a cultura pop. Ela fez, por exemplo, um biscoito com uma estrela desenhada no centro, que remete à série "Round 6", da Netflix.

Ela também mostra, em menos de 15 segundos, qual é o cardápio de um dia comum na sua vida de "chef caseira", como ela se autodenomina.

Além disso, basta uma olhada rápida em seu perfil para ver a quantidade de conteúdo patrocinado por marcas das mais diversas, que oferecem seus produtos para que Peel trabalhe com eles em receitas. Algumas são mais detalhadas e oferecem ao espectador alguma noção de como proceder na cozinha.

Mas, ainda assim, a maior parte dos seus conteúdos é rápido e direto, sem locução e sem instruções específicas, apenas com uma música rolando no fundo enquanto uma comida é preparada. Foi com um vídeo desses, afinal, que ela viralizou pela primeira vez.