PUBLICIDADE
Topo

Foi assim que este app fez uma limpa no meu celular para ele não travar

wayhomestudio/ Frepik
Imagem: wayhomestudio/ Frepik

Adriano Ferreira

Colaboração para Tilt, em Florianópolis

24/10/2021 04h00

O meu celular é um Moto E4 de 16 GB de armazenamento e com 1,8 GB de RAM (componente usado para dados temporários em tempo real). Sei que não é um dos mais atuais do mercado e por isso não fico surpreso quando começa a sessão "trava-trava-tempo perdido".

Eu considero o meu uso do smartphone intermediário. Tiro fotos, acesso páginas na internet, posto no feed do Instagram e nos stories, faço transações financeiras, escuto músicas, vejo filmes e séries no streaming e assisto a vídeos no YouTube. De vez em quando, edito alguns vídeos rápidos.

Os momentos em que o aparelho mais trava acontecem quando acesso páginas na internet pelo navegador. Às vezes, a tela de desbloqueio nem reage, aí tenho que reiniciar o bichinho.

Em busca de uma solução, encontrei no "mundo dos aplicativos" um app que promete ajudar a fazer uma faxina geral no dispositivo, limpando todos os arquivos dispensáveis e inúteis: o app CCLeaner (somente disponível para Android).

Limpando rápido

Na tela principal, o aplicativo já mostrou o meu espaço livre de armazenamento de 1,4 GB e o espaço ocupado (88%).

O ícone azul, no formato de círculo, exibe o quanto é possível liberar de espaço do jeito mais prático. No meu caso, eu tinha 1,21 GB para ser excluído logo de cara pela funcionalidade "Limpeza Rápida", que, automaticamente, já seleciona as pastas vazias e o cache, local onde ficam os arquivos temporários.

APP CCleaner 1 - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Antes de ativar o botão "Concluir Limpeza", tem como selecionar mais opções na categoria "Dados do aplicativo".

Decidi acrescentar vídeos do WhatsApp (71,6 MB), imagens (6,93 MB), dados exportados (6,12 MB), GIFs animados (3,78 MB), vídeos enviados (1,42 MB), anotações de voz (1,89 MB) e imagens do Instagram (6,88 MB).

Ainda na mesma tela, em "Downloads", já fui na caixa de seleção para excluir tudo presente nessa parte também. O total dessa limpeza chegou a 1,36 GB.

Durante o processo, na versão gratuita desse app, alguns anúncios aparecem de vez em quando, o que pode ser um pouco irritante às vezes. Mas tudo bem, o benefício compensa.

Depois de ir em "Concluir Limpeza", o tempo para a remoção levou em torno de três minutos. O status do espaço utilizado diminuiu para 78%, enquanto o livre aumentou para 2,5 GB. De fato, o aparelho ficou menos lento para usar.

app CCleaner 2 - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Mas armazenamento é que nem louça suja na pia: você acabou de lavar, já aparece mais. No dia seguinte, já tinha mais de 230 MB para liberar. Segui o mesmo procedimento que tinha feito antes para a limpeza rápida.

Depois disso, fui tentar deixar o dispositivo ainda menos pesado com as demais funcionalidades do CCleaner.

Pode parar esses apps

Na tela inicial, fui na opção "Otimizar" para aumentar a velocidade e a memória do celular.

Toquei em "Ativar" para "melhoria de longo prazo", que consiste em uma interrupção de aplicativos que ficam ativos em segundo plano. Esse recurso também impede que notificações sejam enviadas.

Em "Ver apps em execução", dei uma olhada nos que já estavam selecionados e prossegui em "Interromper". Um simples comando fez 42 aplicativos pararem — ou seja, foram eliminados da memória RAM.

Se você fizer esse procedimento e quiser revertê-lo, é só reabrir os apps normalmente tocando neles.

Adeus, imagens

Voltei para a tela principal e dessa vez selecionei "Mídia". Essa funcionalidade mostra um gráfico que indica quantas fotos, vídeos e áudios estão guardadas.

Em "Análise de fotos", escolhi as "Fotos antigas", que estavam ocupando o maior espaço (90 MB). Vi que existiam imagens no aparelho que eu nem lembrava mais da existência. Foi igual limpar a parte de cima do armário: a sujeira está lá, só que a gente não vê.

app CCleaner 3 - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Vi o que tinha e resolvi continuar em "selecionar tudo" e depois confirmei em "deletar", na barra inferior. Eliminei sem dó.

Retornei para a tela de "Visão Geral de Mídia" e lá vi outras categorias de imagens como: fotos similares, fotos ruins, sigilosas, antigas, entre outras. Caso você queira deletar todas ou algumas delas, é só fazer o que fiz antes.

O próximo passo me levou à seção "Aplicativos da tela inicial". O legal é que o CCleaner mostra as estatísticas de uma maneira fácil.

Um pouco mais abaixo, em "Consumidores de Recursos", dá para ver quais apps que mais estão consumindo dados, gastando bateria e armazenamento.

app CCleaner 4 - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Escolhi "bateria" para verificar o consumo. O campeão do gasto nesse quesito foi o Globoplay, com 49,55%; o Instagram ficou com 22,15% e o YouTube estava consumindo 16,46%. Decidi não desinstalar nenhum porque uso e gosto muito dos três. Mas, se você quiser tirar algum app do seu celular, é só selecioná-lo, ir em "desinstalar" e pronto.

Na mesma tela, em "Melhorar o desempenho", o app dizia que a performance podia melhorar com a liberação de memória. Segui o conselho e fui no botão "Melhoria Rápida". Em poucos segundos, a mensagem "A memória foi limpa" apareceu.

Mais do mesmo

Mais abaixo, eu me deparei com uma parte que mostra as atividades dos apps de maneira mais detalhada nos últimos sete dias. Na lista, selecionei o Gmail. Em seguida, as informações de armazenamento (cache, dados e o tamanho) aparecem. É possível desinstalar ou interromper o funcionamento do aplicativo.

Como o Gmail é essencial para mim, não fiz nada, mas você pode analisar algum aplicativo e tomar a melhor decisão conforme a sua conveniência de uso.

app CCleaner - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Nessa última parte, o CCleaner me mostrou um pouco mais do mesmo, incluindo os apps que mais utilizam dados. Preferi não interromper o que supostamente já tinha interrompido.

app CCleaner 5 - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Achei legal a dica 5 de "fotos ruins" para revisar e apagar. A dica 8 de "fotos similares encontradas", também. Selecionei algumas e continuei em "Deletar". As demais orientações se referem aos aplicativos e já estão em "Análise mais aprofundada".

app Cleaner 7 - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

E aí? Tá aprovado ou não?

Várias vezes por semana uso esse app somente na funcionalidade "Limpeza rápida", o que já me ajuda muito.

Na minha experiência, é melhor usar o CCleaner para fazer uma varredura de limpeza básica com alguma frequência do que ir manualmente fazendo tudo isso pelas configurações do sistema, que nem sempre têm todas as ferramentas de que preciso em fácil acesso.

Considerando as funções gratuitas —com muitas ferramentas úteis—, recomendo o app para quem passa por situações de travamento rotineiro com o celular. No meu caso, foi um alívio.