PUBLICIDADE
Topo

Instagram, Facebook e WhatsApp voltam ao normal após 2 horas instáveis

Lucas Carvalho

De Tilt, em São Paulo

08/10/2021 16h05Atualizada em 08/10/2021 19h43

Pela segunda vez na semana, o Instagram, o Facebook e o WhatsApp passaram por instabilidade nesta sexta-feira (8). No Twitter, pessoas do Brasil e de outros países relataram problemas para usar os apps do conglomerado de Mark Zuckerberg. Há também relatos de problemas para acessar a plataforma pelo navegador no PC. O problema, desta vez, não atingiu a todos os usuários da rede.

Por volta das 16h, o site DownDetector já registrava mais de mil reclamações. O principal afetado foi o Instagram, mas houve relatos de problemas para enviar e receber mensagens no WhatsApp e de congelamento no feed de notícias do Facebook. Por volta das 17h, as queixas começaram a diminuir. Às 18h, o Facebook confirmou que a falha havia sido corrigida e tudo estava de volta ao normal.

"Sinceras desculpas a todos que não conseguiram acessar nossos produtos nas últimas horas. Corrigimos o problema e tudo deve voltar ao normal agora", afirmou o Facebook em nota publicada no Twitter, sem explicar o que causou o problema.

No site downforeveryoneorjustme.com, os domínios do Instagram, Facebook e WhatsApp deram sinal de estar funcionando normalmente durante toda a tarde, o que indica que a instabilidade afetou apenas uma parte dos usuários. Na redação de Tilt, apenas algumas pessoas tiveram problemas.

Também pelo Twitter, o Facebook confirmou a instabilidade parcial mais cedo, mas não deu detalhes do que a causou ou previsão de retorno ao normal.

"Estamos cientes de que algumas pessoas estão tendo problemas para acessar nossos aplicativos e produtos. Estamos trabalhando para que as coisas voltem ao normal o mais rápido possível e pedimos desculpas por qualquer inconveniente."

Reações no Twitter

Assim como aconteceu durante o apagão da última segunda-feira (4), quando todos os apps do Facebook saíram do ar no mundo todo e até os funcionários da empresa tiveram dificuldade para corrigir após perderem acesso a ferramentas internas, a galera correu para o Twitter para relatar os problemas.