PUBLICIDADE
Topo

Windows 11 chegou: é melhor atualizar logo ou esperar mais um tempo?

Windows 11 foi lançado depois de seis anos de a Microsoft colocar no mercado a versão 10 - Microsoft
Windows 11 foi lançado depois de seis anos de a Microsoft colocar no mercado a versão 10 Imagem: Microsoft

Abinoan Santiago

Colaboração para Tilt, em Florianópolis

07/10/2021 14h32

Em meio à pane global do Facebook, Instagram e WhatsApp, a Microsoft lançou a atualização do seu sistema operacional. O Windows 11 estava previsto para 5 de outubro aos usuários que possuem a versão 10 e um computador compatível, mas a empresa surpreendeu alguns ao liberar na segunda o download.

Mas será que todo mundo precisa mesmo correr para atualizar o sistema do seu computador? A resposta é simples: não. O Windows 11 traz uma série de novidades, mas quem trabalha com a geração anterior do sistema ainda vai conseguir usá-lo tranquilamente por mais uns anos.

Em seu site oficial, a Microsoft informou que dará suporte ao Windows 10 Home e 10 Pro até 14 de outubro de 2025. Serão mais quatro anos de tempo para realizar o procedimento no computador.

Existe, aliás, a previsão de que a empresa estenda o prazo, assim como fez com o Windows 7, pois 60% dos usuários da versão 10 ainda não sabem da possibilidade de atualizar o seu sistema operacional.

Recursos do Windows 11

Entre as novidades, o Windows 11 traz um visual totalmente repaginado, com janelas transparentes e novos ícones. Até mesmo o clássico botão "Iniciar", que até então era no canto inferior direito da máquina, mudou de lugar. A atualização traz centralizado na barra de tarefas.

Também há a possibilidade de baixar e usar aplicativos de Android diretamente pela loja de apps do Windows. No entanto, quem instalar o Windows 11 agora ainda não terá acesso ao recurso, que só deve ser lançado oficialmente nos próximos meses.

Loja de apps do Windows 11 terá aplicativos do Android - Microsoft - Microsoft
Loja de apps do Windows 11 terá aplicativos do Android
Imagem: Microsoft

E depois de 2025?

E que acontece se eu não quiser atualizar meu sistema operacional depois do prazo? De acordo com a Microsoft , "os clientes não receberão mais atualizações de segurança" dos programas e hardwares instalados.

"O sistema operacional ainda pode funcionar com programas e hardware após a venda ou suporte do sistema operacional ter sido descontinuado. No entanto, aumenta a possibilidade de novos programas e hardware não apresentarem desempenho em um sistema operacional mais antigo", explica a empresa.

O problema, de acordo com a empresa, ocorre porque os fabricantes de novos hardwares e softwares poderão tomar decisões sobre as funcionalidades com base em sistemas operacionais mais recentes. Se isso acontecer, você deverá receber alguma mensagem como "este programa não é compatível com o seu sistema operacional" ou aviso semelhante.

No caso do Windows 10, por exemplo, lançado em 2015, as atualizações de recursos foram permitidas duas vezes por ano. No 11, "novas versões serão lançadas uma vez por ano", garante a empresa.

Somado ao prazo até 2025, pode ser que valha a pena esperar mais um pouco para atualizar o seu sistema operacional por dois motivos.

O primeiro é a possibilidade de existir imprevistos em alguma funcionalidade do Windows 11 ao longo das próximas semanas, já que ele ainda é muito novo.

Além disso, é recomendável que o usuário faça a transição em algum momento que esteja com mais tempo livre, sem pressão para usar o computador no trabalho ou com demais prazos, porque pode se deparar com recursos ainda desconhecidos ou renovados em sua tela.

Quem pode atualizar

A atualização é grátis para quem já tem PC com Windows 10. O preço da licença para quem quiser montar um computador do zero ou instalar em computador mais antigo ainda não foi divulgado.

Aqui você fica sabendo como baixar e executar a instalação no seu PC, além de ter conhecimento se, de fato, pode logo usar em sua máquina.