PUBLICIDADE
Topo

Facebook atribui falha em serviços à mudança de configuração em servidores

WhatsApp, Facebook e Instagram saíram do ar no mundo todo - Unsplash
WhatsApp, Facebook e Instagram saíram do ar no mundo todo Imagem: Unsplash

De Tilt, em São Paulo

05/10/2021 06h50

O Facebook indicou na noite de ontem em comunicado que a interrupção das suas redes e serviços de mensagens foi provocada por uma "mudança de configuração defeituosa" em seus servidores, o que impediu os usuários de acessarem às plataformas Instagram, WhatsApp ou Messenger por cerca de sete horas.

"Pessoas e empresas ao redor do mundo dependem de nós para se manterem conectados", observou a empresa, que até então se mantinha praticamente silenciosa sobre o ocorrido.

"Apresentamos nossas desculpas aos que foram afetados", acrescentou o Facebook, referindo-se possivelmente a bilhões de pessoas no mundo, de acordo com vários especialistas em segurança cibernética.

WhatsApp, Facebook e Instagram saíram do ar no mundo todo por volta do meio-dia (horário de Brasília). Ninguém conseguia enviar ou responder mensagens no WhatsApp ou carregar, comentar e curtir novos posts no Instagram e no Facebook.

Mais cedo, a plataforma confirmou os problemas, mas não havia entrado em detalhes.

"Estamos cientes de que algumas pessoas estão tendo problemas para acessar nossos aplicativos e produtos. Estamos trabalhando para voltar ao normal o mais rápido possível e pedimos desculpas por qualquer inconveniente."

Após pedir "sinceras desculpas" a todas as pessoas que dependem das plataformas, Facebook e Instagram informaram que os aplicativos voltaram a funcionar após ficarem sete horas fora do ar. Com bastante instabilidade na sua volta às 20h (horário de Brasília), o WhatsApp avisou às 23h30 que estava funcionando 100%.

O fundador do Facebook Mark Zuckerberg perdeu US$ 6 bilhões em poucas horas, após as plataformas saírem do ar globalmente.

A queda fez com que ele caísse uma posição no ranking de bilionários da Bloomberg, índice que classifica as 500 pessoas mais ricas do mundo diariamente. Ele foi ultrapassado pelo fundador da Microsoft, Bill Gates, e agora ocupa a quinta posição da lista.

* Com informações da AFP