PUBLICIDADE
Topo

Existe gambiarra para tirar arranhões da tela do celular? Testamos 3

iStock
Imagem: iStock

Colaboração para o Tilt

25/09/2021 04h00Atualizada em 27/09/2021 09h37

Parece ser a prova irrefutável da famosa lei de Murphy: todo e qualquer objeto atingirá a tela do seu celular sempre que ele estiver sem película protetora. Se você amarrar uma torrada com manteiga na parte de trás do smartphone e deixá-lo cair, pode ter certeza, a tela vai tocar o chão.

As telas dos telefones ficam cada vez mais resistentes e cheias de tecnologias para diminuir o risco de elas quebrarem ou trincarem. Mas a boa e velha película protetora nunca é demais para garantir maior durabilidade. Afinal, acidentes e descuidos acontecem. E, quando um arranhão surge, a primeira coisa que muita gente faz é recorrer aos ensinamentos da internet. Contudo, é preciso cuidado.

Algumas "dicas salvadoras" podem acabar danificando outras partes do seu celular. Tem quem recomende usar creme para vidros de carro e outros meios usados para retirar marcas de vidros e lentes de óculos.

Antes de usar métodos assim, que são abrasivos, verifique o manual de instruções do seu aparelho. Normalmente, o uso desse tipo de substância não é recomendado pelo fabricante.

Resolvemos testar (por nossa conta e risco)

Com tantas dicas virais, Tilt decidiu experimentar algumas para ver se fazem diferença. Selecionamos apenas as gambiarras que podem ser feitas em casa com materiais domésticos comuns. As três substâncias usadas foram: talco, bicarbonato de sódio e esmalte.

Antes do resultado, fica novamente o alerta: procure descobrir que tipo de material o fabricante do seu aparelho recomenda. Se tiver na garantia, é mais um indicativo para evitar repetir as ações que se encontram por aí.

Antes de começar é importante:

  • proteger botões, alto-falantes e outras entradas e ranhuras de celular com fita adesiva.

Os produtos foram usados em pequenos riscos. Por isso, não tente repetir em tela trincada.

Talco

Misturamos duas partes de talco e uma de água. Passamos a meleca resultante no display com cuidado, usando um pano de algodão macio. Depois de aplicá-la, retirarmos esfregando o mesmo tecido.

Resultado: o talco não funcionou para retirar riscos. O smartphone ficou só cheiroso.

Bicarbonato de sódio

A dica do bicarbonato de sódio é idêntica à do talco. Fizemos uma mistura de duas partes de bicarbonato e uma de água. Depois, passamos a pasta na tela com cuidado e, então, retiramos. Todo o processo foi realizado usando um pano de algodão macio.

Resultado: apesar de não eliminar completamente os riscos, o bicarbonato parece ter ajudado a amenizá-los.

Esmalte

Essa dica é para quem já está partindo para o tudo ou nada... e está com paciência sobrando. Aplicamos esmalte transparente (de boa qualidade) no arranhão. Na teoria, o produto preenche os riscos mais profundos.

Resultado: o esmalte pode prejudicar a tela touchscreen (sensível ao toque) e dar um efeito de cola seca no display. Mesmo que você tenha uma grande habilidade em usar o esmalte de unha, não indicamos a utilização do método.