PUBLICIDADE
Topo

OVNI? Objeto misterioso com cara de aeronave 'invisível' é visto nos EUA

O pesquisador Ruben Hofs acredita que o objeto captado em vídeo pode ser um protótipo de aeronave - Reprodução/Twitter/@rubenhofs
O pesquisador Ruben Hofs acredita que o objeto captado em vídeo pode ser um protótipo de aeronave Imagem: Reprodução/Twitter/@rubenhofs

Colaboração para o UOL, em Santos

23/09/2021 15h07

Um objeto misterioso e intrigante foi revelado em um vídeo postado nesta quinta-feira (23) no TikTok pelo pesquisador de OSINT (Open Source Intelligence) Ruben Hofs. Com superfície lisa e de cor escura, o protótipo é foi colocado em um reboque e transportado em um local identificado como Helendale Radar Cross Section Facility, no Deserto de Mojave, não muito longe das instalações da Lockheed's Skunk Works, na planta 42 em Palmdale, na Califórnia (EUA).

Helendale é uma instalação de pesquisa de aeronaves desenvolvida e operada pela Lockheed Martin Corporation e usada para medir a seção transversal do radar (reflexividade) de projetos de aeronaves furtivas. Ou seja, aquelas que não são identificadas por radar.

Como acontece em locais semelhantes em todo o mundo, os protótipos de teste costumam ser montados em postes hidráulicos que se erguem do solo através de alçapões na superfície da pista.

Um vídeo curto, mostrando o que parece ser um desses protótipos, foi postado pela primeira vez no TikTok e depois foi compartilhado em outros canais de mídia social. Ruben Hofs chamou a atenção para isso no Twitter. Ele usou uma comparação de inteligência de código aberto (OSINT) de edifícios e folhagens no local para destacar as grandes chances de o vídeo ter sido filmado, de fato, em Helendale.

OSINT (sigla para Open source intelligence ou Inteligência de Fontes Abertas) é o termo usado em inglês, para descrever a inteligência de informações obtida por meio de dados disponíveis para o público em geral, como jornais, revistas científicas e emissões de TV. OSINT é uma das fontes de inteligência.

"Eu estava navegando pelo TikTok esta manhã e esse foi o primeiro vídeo a ser mostrado quando abri o aplicativo", Hofs informou ao site The Avitionist, especializado em aviação militar.

"A princípio pensei que se parecia com um adereço cinematográfico, mas logo uma construção ao fundo chamou minha atenção. Então fui dar uma olhada no Google Earth e, para minha surpresa, a instalação se parecia com as utilizadas nesse tipo de teste. Então eu percebi que não era apenas um adereço de cenário de filme, mas possivelmente algum tipo de protótipo que está sendo testado lá", disse ele.

Testes RCS detectam assinaturas eletromagnéticas

Os testes RCS (Radar Cross Section) medem a assinatura eletromagnética de um objeto. O RCS é usado para detectar objetos voadores em uma grande variação de faixas. Por exemplo, um avião furtivo, que é desenhado para ter baixa visibilidade, terá características de design que lhe dão um RCS baixo, tais como a pintura absorvente, superfícies lisas e superfícies anguladas especificamente para refletir sinal em algum lugar diferente para a fonte.

Já um avião de passageiros terá um alto RCS: metal liso, superfícies arredondadas efetivamente garantida para refletir algum sinal de volta à fonte, muitas saliências, como os motores, antenas.

"Embora seja impossível identificar o protótipo, visto que existem dezenas dessas formas quando pesquisamos na internet, algumas pessoas afirmaram que o conceito de Domínio Aéreo de Próxima Geração [NGAD, na sigla em Inglês] parece combinar muito bem, principalmente se o objeto estiver virado de cabeça para baixo", concluiu Hofs.

O programa Next-Generation Air Dominance (NGAD) da Força Aérea dos EUA destina-se a desenvolver um caça de sexta geração para dominação aérea. O programa planeja usar a abordagem "Digital Century Series" que conta com desenvolvimento ágil, arquiteturas abertas e engenharia digital para aumentar a velocidade das aquisições e incentivar a indústria a se concentrar no desenvolvimento de novas tecnologias inovadoras, em vez de sustentar os sistemas existentes.