PUBLICIDADE
Topo

Lua 'da colheita' nasce hoje; veja também conjunção com Júpiter e Saturno

Lua cheia acontece a partir de hoje (20) - IGOR DO VALE/ESTADÃO CONTEÚDO
Lua cheia acontece a partir de hoje (20) Imagem: IGOR DO VALE/ESTADÃO CONTEÚDO

Marcella Duarte

Colaboração para Tilt, em São Paulo

20/09/2021 14h41Atualizada em 20/09/2021 19h20

A fase da Lua cheia do mês de setembro começa nesta segunda-feira (20), e deve render belas imagens. Conhecida no hemisfério norte como "Lua da Colheita", ela vai nascer por volta das 18h, logo após o Sol se pôr, acompanhada por dois belos planetas brilhantes: Júpiter e Saturno, que estarão acima dela, nesta ordem, em uma linha reta. Será uma noite bem iluminada.

Basta olhar para leste — a mesma direção em que o Sol nasce — e assistir à Lua subindo pelo céu. Quanto mais cedo se observar, enquanto ela ainda estiver bem próxima ao horizonte, mais chances de vê-la ganhar tons alaranjados, devido à refração da espessa atmosfera.

Os próximos três dias também rendem ótimas chances de observação, com nosso satélite ainda bem cheio. Amanhã (21), a Lua nascerá às 18h50; na quarta-feira (22), às 19h40, e assim sucessivamente, sempre um pouco mais tarde.

Na primeira hora após nascer, a Lua cheia também aparenta estar ainda maior — já que estará em meio a referenciais terrestres, como prédios, criando uma ilusão de ética que engana nosso cérebro.

Lua da Colheita

Esta é conhecida, pelos povos nativos norte-americanos, como Lua da Colheita ("Harvest Moon"). Isso quer dizer que é a Lua cheia mais próxima do equinócio de outono — do Hemisfério Norte —, que acontece na quarta-feira (22), quando haverá a mudança de estação no mundo todo.

Por aqui, será o equinócio da primavera, inaugurando a temporada das flores. É o exato momento em que a luz solar incide igualmente entre os dois hemisférios, alinhada com o Equador, e o Sol avança para o lado sul do firmamento.

De acordo com a tradição, os agricultores precisavam correr para terminar a colheita antes do início do tempo mais frio — e a Lua cheia, bem brilhante e nascendo mais cedo, os ajudava com noites bem claras, em uma época em que não havia energia elétrica.

A próxima Lua cheia acontece no dia 20 de outubro. Ela também é conhecida como Lua do Caçador — referência à época em que os nativos norte-americanos precisavam caçar para preparar carne seca para o inverno — ou Lua do Halloween — uma nomenclatura mais moderna, devido à sua proximidade com a data comemorativa, no dia 31 de outubro.