PUBLICIDADE
Topo

Roubo? Recurso do novo Apple Watch é alvo de processo nos EUA

14.set.2021 - Relógio Apple Watch Series 7 - Reprodução
14.set.2021 - Relógio Apple Watch Series 7 Imagem: Reprodução

Letícia Naísa

De Tilt, em São Paulo

19/09/2021 17h15

No mesmo dia em que anunciou o novo iPhone 13, a Apple também lançou a nova versão de seu smartwatch, o Apple Watch Series 7. Entre as novidades, estão uma tela maior e um novo aplicativo de teclado QWERTY.

A última novidade está sendo alvo de um processo contra a Apple. A empresa está sendo acusada de copiar a ideia de um aplicativo para smartwatch chamado FlickType. No Twitter, o criador do recurso, Kosta Eleftheriou, avisou que deve levar a história à Justiça dos Estados Unidos.

A invenção de Eleftheriou é um aplicativo de teclado lançado em 2018. Há uma versão para iOS e uma para Apple Watch. Eleftheriou também criou mais uma versão do aplicativo de teclado para pessoas cegas e pessoas com baixa visão, que acabou gerando outra disputa com a Apple. A empresa alega que o recurso não funciona sem acesso total à rede e a outros recursos do iOS. Eleftheriou acabou desistindo de manter o aplicativo no ar.

Mas a história mais recente de Eleftheriou contra a Apple começou em março de 2021, quando ele processou a empresa por retirar o FlickType da App Store do iPhone. Em um comunicado, o criador foi notificado pela Apple que seu aplicativo havia sido banido por violar as diretrizes de interface humana do iOS.

Foi com surpresa que Eleftheriou recebeu o lançamento do Apple Watch Series 7 com um aplicativo muito similar ao seu. Em seu primeiro processo, ele alegou que a companhia havia tentado comprar o FlickType para smartwatch e retirou o app de sua loja de aplicativos para forçá-lo a vender mais barato e desvalorizar o seu recurso.

Ao site The Verge, a Apple afirmou que mudou de ideia com o tempo. Originalmente, a empresa não achava apropriado incluir um teclado na tela pequena de um smartwatch, mas, em 2019, enxergou o potencial da ideia e encorajou os apps de teclado para o relógio. A companhia admitiu que apagar o aplicativo de Eleftheriou foi um erro que já foi corrigido. O FlickType está à venda na App Store.

Eleftheriou, no entanto, diz que levou um ano para que a Apple colocasse o FlickType de volta à App Store. Foi somente em janeiro de 2020 que a versão do teclado para o Apple Watch foi aprovada pela Apple. O criador do FlickType também acusa a Apple de permitir que avaliações falsas fossem postadas sobre seu aplicativo na App Store e diz que apps concorrentes seriam os autores dos comentários.

No intervalo desta disputa, Eleftheriou se tornou um grande inimigo da Apple e usa as redes sociais para expor problemas da empresa. Sobre a disputa acerca do aplicativo de teclado, ele avisou em uma postagem no Twitter que verá a Apple no tribunal.