PUBLICIDADE
Topo

Celular da Realme chega com o 5G mais barato no Brasil; confira destaques

Realme 8 5G chega com câmera tripla e preço promocional de R$ 1.699 - Divulgação/Realme
Realme 8 5G chega com câmera tripla e preço promocional de R$ 1.699 Imagem: Divulgação/Realme

Lucas Carvalho

De Tilt, em São Paulo

24/08/2021 13h30Atualizada em 24/08/2021 16h52

A marca chinesa Realme, que recentemente alcançou a marca de 100 milhões de celulares vendidos no mundo, começa a vender nesta terça-feira (24) seu mais novo aparelho no Brasil: o Realme 8 5G.

O lançamento é feito em meio à campanha de aniversário da marca, que no próximo sábado (28) completa apenas três anos de atividade no mundo. Por isso, o aparelho está sendo vendido com um preço promocional de R$ 1.699. Por esse valor, o Realme 8 é o celular com suporte ao 5G mais barato no Brasil no momento, superando o seu próprio "recorde" do Realme 7, vendido com preço inicial de R$ 1.899.

Fora da promoção, o novo smartphone será vendido por R$ 2.299. Considerando esse valor, é bom saber que já é possível encontrar no varejo telefones com 5G mais em conta, como o Poco M3 Pro, da Xiaomi, e o Moto G 5G, da Motorola.

A estratégia de lançar um celular com um preço promocional mais baixo não é nova. O Realme 7, por exemplo, viu seu preço oficial subir para R$ 2.599 após o lançamento em abril deste ano. Segundo Marcelo Sato, gerente de vendas da Realme no Brasil, é um esquema que dá resultados: o estoque do aparelho esgotou durante a promoção de lançamento.

Além do Realme 8 5G, a companhia chinesa está expandindo seu portfólio de acessórios no Brasil com o lançamento do relógio inteligente Realme Watch 2 (por R$ 499, depois R$ 599) e os fones de ouvido Realme Buds Air 2 (R$ 499, depois R$ 599) e o Buds Air 2 Neo (R$ 399, depois R$ 499).

Os preços promocionais fazem parte do "Realme Fan Festival", a comemoração de aniversário da marca que vai durar de 24 até 28 de agosto. As ofertas valem apenas para compras através da varejista americanas.com.

Até o final do ano, a Realme ainda planeja lançar um celular top de linha, com ficha técnica de ponta e preço mais salgado. Para 2022, a empresa também prevê o lançamento de outros produtos, como notebooks e dispositivos de casa inteligente no Brasil.

Preços:

  • Realme 8 5G: R$ 1.699 (promocional, depois sobe para R$ 2.299)
  • Realme Watch 2: R$ 499 (promocional, depois sobe para R$ 599)
  • Realme Buds Air 2: R$ 499 (promocional, depois sobe para R$ 599)
  • Realme Buds Air 2 Neo: R$ 399 (promocional, depois sobe para R$ 499)

Primeiras impressões do Realme 8 5G

O novo celular, com exceção do 5G (que ainda não é realidade no Brasil todo. Apenas algumas cidades iniciaram testes com uma tecnologia de transição), oferece uma ficha técnica intermediária, com alguns traços de top de linha. Um deles é a tela, de 6,5 polegadas (16,5 centímetros) de um canto ao outro na diagonal com taxa de atualização de 90 Hz — que oferece animações mais suaves — e resolução Full HD.

realme - Lucas Carvalho/Tilt - Lucas Carvalho/Tilt
Realme 8 5G
Imagem: Lucas Carvalho/Tilt

O desempenho, porém, está mais para intermediário. O processador usado aqui é o Dimensity 700, feito pela MediaTek, que equivale aos chips da linha Snapdragon 700, da rival mais popular Qualcomm. Acompanha-o 8 GB de RAM (que ajuda no desempenho) e 128 GB de armazenamento.

A bateria de 5.000 mAh dura 21 horas em reprodução de vídeo, segundo a fabricante, mas o carregador de 18 W que vem na caixa da unidade que testamos usa os pinos retros do padrão europeu de tomadas. A Realme diz que, para o consumidor, o modelo que vai na caixa é no padrão de pinos brasileiro.

O conjunto de câmeras inclui um sensor principal de 48 MP acompanhado de uma lente macro, para fotos de detalhes, de 2 MP; e um sensor preto e branco para ajudar em fotos com fundo borrado, também de 2 MP. A câmera de selfies fica num furo no canto da tela e tem 16 MP.

Em nossos primeiros testes, deu para ver que as câmeras são competentes, embora o aplicativo seja um pouco lento. O mesmo se pode dizer do desempenho: às vezes tudo funciona muito rapidamente, num piscar de olhos; e, às vezes, tudo fica lento, com apps demorando a abrir ou para carregar.

Para completar o pacote, o Realme 8 5G vem de fábrica com o Android 11, só que altamente modificado pela interface Realme UI 2.0. Isto significa que o aparelho vem repleto de apps pré-instalados — alguns inúteis, outros simplesmente suspeitos — que, junto com as funções básicas do sistema, ocupam 20 GB da memória.

Além disso, a interface é cheia de animações extravagantes que deixam a experiência um pouco mais lenta e acabam matando a vantagem da taxa de atualização em 90 Hz. Há também problemas de tradução, com o português de Portugal substituindo o brasileiro em alguns menus — "tela" aparece como "ecrã" nas configurações, por exemplo.

Fique de olho em Tilt para conferir o review completo do Realme 8 5G em breve.

Ficha técnica do Realme 8 5G:

  • Tela: 6,5 polegadas; Full HD+; LCD; 90 Hz;
  • Processador: MediaTek Dimensity 700 5G;
  • Câmeras: traseira de 48 MP (principal), 2 MP (macro) e 2 MP (preto e branco); e frontal de 16 MP;
  • Memória: 8 GB de RAM; 128 GB de armazenamento;
  • Bateria: 5.000 mAh.

Realme Watch e Buds Air

Para completar o que a Realme chama de "techlife", seu ecossistema de acessórios ao redor do telefone, a empresa lançou também o relógio inteligente Realme Watch 2 e os fones de ouvido Buds Air 2 e Buds Air 2 Neo.

realme - Divulgação/Realme - Divulgação/Realme
Realme Watch 2
Imagem: Divulgação/Realme

Poucas informações foram divulgadas sobre o relógio além do fato de que ele possui tela de 1,4 polegada; proteção contra mergulho na água e contra poeira; e mais de 90 atividades esportivas pré-definidas para acompanhamento.

Já os fones de ouvido são da categoria TWS (True Wireless Stereo, ou "verdadeiramente sem fios"), concorrentes dos Galaxy Buds, da Samsung, e dos AirPods, da Apple — só que bem mais baratos e simples.

Tanto o Buds Air 2 quanto o Air 2 Neo vêm com Bluetooth 5.2, cancelamento de ruído, modo transparente (que liga o microfone para capturar o ambiente) e proteção contra água. A diferença, segundo a Realme, além do design, é que o modelo Neo vem com uma bateria maior e um sistema de cancelamento de ruído menos potente — por isso é mais barato.

Realme Buds Air 2 - Divulgação/Realme - Divulgação/Realme
Realme Buds Air 2 (à esquerda) e Buds Air 2 Neo (à direita)
Imagem: Divulgação/Realme

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do que dizia uma versão anterior deste texto, no 4º parágrafo, Marcelo Sato é gerente de vendas da Realme no Brasil, e não de marketing. O erro foi corrigido.
Diferentemente do que dizia uma versão anterior deste texto, no 8º parágrafo, o Realme 8 5G vem com tela de 6,5 polegadas, como apontado na ficha técnica do aparelho, e não 6,7 polegadas. O erro foi corrigido.