PUBLICIDADE
Topo

Viagem de 11 minutos até o espaço fez Brasil perguntar 'quem é Jeff Bezos?'

Jeff Bezos é fundador da Amazon e participou do primeiro voo espacial tripulado da sua empresa, Blue Origin - Divulgação
Jeff Bezos é fundador da Amazon e participou do primeiro voo espacial tripulado da sua empresa, Blue Origin Imagem: Divulgação

Guilherme Tagiaroli

De Tilt, em São Paulo

21/07/2021 11h50Atualizada em 22/07/2021 15h28

A busca do Google é um bom termômetro de interesse das pessoas, e o voo espacial da Blue Origin, que durou cerca de 11 minutos nesta terça-feira (20), mostrou que muitos brasileiros pararam para fazer a pergunta: "quem é Jeff Bezos?". Este foi o questionamento mais feito no país, segundo o Google, no dia em que ele próprio fez o primeiro voo tripulado da sua companhia.

De acordo com o Google, a segunda pergunta mais feita no país foi "Jeff Bezos é dono de quê".

Jeff Bezos é o fundador da Amazon, uma das maiores empresas de varejo eletrônico do mundo, e o homem mais rico do planeta com uma fortuna estimada na casa de US$ 200 bilhões (pouco mais de R$ 1 trilhão).

Em 2000, Bezos fundou a Blue Origin para desenvolver tecnologias para voos espaciais, e a visita ao espaço da última terça foi só a materialização de mais de 20 anos em investimento neste ramo.

Ao todo, o voo durou cerca de 11 minutos, e a tripulação era composta por Jeff Bezos, seu irmão, Mark Bezos, a aviadora Wally Funk e Oliver Daemen - os dois últimos se tornaram, respectivamente, a pessoa mais idosa e mais nova a irem ao espaço.

Apesar do interesse brasileiro, de modo geral, o nome do empresário se tornou o termo mais buscado no mundo nas horas pré e pós voo espacial, segundo o Google.

Ainda que o também empresário Richard Branson tenha ido ao espaço antes, pelo menos no que diz respeito a interesse, a viagem de Bezos foi mais popular, ainda de acordo com informações do mecanismo de busca.

O que talvez ajude a explicar isso é que o voo de Branson foi realizado num domingo, 10 de julho, enquanto o de Bezos, num dia de semana. Sem contar que Bezos pode ter pego "emprestada" certa popularidade devido à atuação da Amazon em diversos países do mundo, enquanto o grupo empresaria Virgin tem alcance um pouco mais limitado.

Quanto custa a passagem para o espaço?

Após ver os bilionários indo literalmente para o espaço, uma outra dúvida corrente, segundo o Google, tem relação com o preço para fazer a viagem para "fora da Terra".

O termo "quanto é uma passagem para o espaço" quadruplicou nas últimas 24 horas em todo o mundo.

Infelizmente, o valor só tem valor de curiosidade para a grande maioria das pessoas, pois tanto a Blue Origin, de Bezos, como a Virgin Galactic, de Branson, cobram bem caro.

Da parte da Virgin Galactic, a companhia tem vendido passagens para um voo espacial suborbital - em que você "sai da Terra" por um tempo, fica em gravidade zero e depois retorna - por US$ 250 mil (cerca de R$ 1,3 milhão). Algumas celebridades como Justin Bieber e Lady Gaga estão entre os compradores - você também pode tentar participar de um sorteio gratuito.

A Blue Origin disse que faria viagens de turismo espacial ainda neste ano, mas não detalhou preços atualizados. Em 2018, a companhia estimava que a passagem seria entre US$ 200 mil (cerca de R$ 1 milhão) e US$ 300 mil (cerca de R$ 1,6 milhão).

Há algumas semanas houve um leilão em que a passagem para o primeiro voo tripulado da Blue Origin foi vendida por US$ 28 milhões. O ganhador, uma pessoa que não se identificou, não pode ir ao voo desta terça-feira (20), e acabou dando lugar para Oliver Daemen, que se tornou a pessoa mais jovem a ir ao espaço.