PUBLICIDADE
Topo

Mais do mesmo? Xiaomi lança Poco M3 Pro 5G, irmão gêmeo do Redmi Note 10 5G

Poco M3 Pro 5G - Divulgação
Poco M3 Pro 5G Imagem: Divulgação

Renata Baptista

De Tilt, em São Paulo

29/06/2021 13h00Atualizada em 29/06/2021 14h40

A Poco Brasil lança hoje, em evento online nas suas redes sociais, o Poco M3 Pro 5G, quinto modelo da marca — que nasceu da Xiaomi — aqui no país.

O celular tem especificações bem parecidas com as do Redmi Note 10 5G, lançado pela Xiaomi na semana passada. O preço também é compatível. Enquanto seu "irmão" foi lançado por R$ 2.699, o Poco M3 Pro 5G sai por R$ 2.999,99, mas com uma promoção de lançamento: R$ 2.399,99 apenas hoje, no site oficial de vendas da marca no Brasil.

O Poco M3 Pro 5G foi lançado mundialmente há cerca de um mês, e chega aqui ao Brasil com conectividade com a rede de internet de quinta geração, sendo, junto com o Moto G 5G, da Motorola, e o Galaxy A 32, da Samsung, um dos celulares 5G com preço de lançamento mais baixo no Brasil.

Assim como aconteceu com o Redmi Note 10 5G, o novo celular da Poco também não recebeu tela Amoled, como os demais lançamentos recentes da Xiaomi. Ele foi equipado com uma tela LCD bem grande, com 6,5 polegadas (16,5 centímetros) e resolução Full HD+ (2.400 x 1.080 pixels.

Um dos destaques dela é a sua taxa de atualização de 90 Hz, que representa melhor fluidez na transição de imagens — celulares na mesma faixa de preço costumam trabalhar com 60 Hz.

De forma direta, a única diferença entre o celular da Poco e o Redemi Note 10 5G é a memória (6 GB contra 4 GB), o que é uma boa adição para quem curte jogar, e um ou outro detalhe estético. É curioso que os celulares são muito parecidos. Óbvio, cada uma das marcas tem um público distinto (a Poco tem foco no público mais jovem, por exemplo), mas chama a atenção como as diferenças são tão pequenas entre eles.

No conjunto de câmeras, o Poco M3 Pro 5G conta com uma lente principal de 48 MP. Completam o conjunto uma lente macro de 2 MP (para tirar fotos de pertinho sem perder o foco) e um sensor de profundidade de 2 MP (para borrar o fundo em fotos com "modo retrato"). A lente de selfie tem 8 MP.

O processador é o MediaTek MT6833 Dimensity 700 5G, aliado a 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno, que pode ser expandido para 512 GB com uso de cartão.

leitor de digitais embutido no botão de energia na lateral, entrada para fone de ouvido de 3,5 mm e suporte ao NFC - que permite pagamentos por aproximação -, além de Bluetooth 5.1 e Wi-Fi 5.

De acordo com a Poco, a bateria, de 5.000 mAh de potência, dura até dois dias sem precisar de carregamento. Na caixa do produto vem um carregador de 22,5 watts, com a promessa de carregar o celular de 0% a 100% em 109 minutos.

Poco M3 Pro 5G - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

O design deve agradar os fãs dos Pocophones: com bordas curvadas e acabamento brilhante, ele tem o nome da marca escrito logo abaixo do conjunto de câmeras. São duas cores disponíveis: preto (Power Black) e azul (Cool Blue).

A versão em amarelo, segundo o gestor de produtos da Poco no Brasil, Roberto Scodeler, ainda não tem data para chegar aqui no país.

Ficha técnica

Poco M3 Pro 5G

  • Tela: IPS LCD de 6,5 polegadas com resolução Full HD+ (2.400 x 1.080 pixels) e taxa de atualização de 90 Hz
  • Processador: MediaTek MT6833 Dimensity 700 5G e GPU Mali-G57 MC2
  • Memória: 6 GB de RAM e 128 GB
  • Câmera traseira tripla: principal: 48 megapixels (f/1,79); macro: 2 megapixels (f/2,4); profundidade: 2 megapixels (f/2,4)
  • Câmera frontal: 8 megapixels (f/2,0)
  • Bateria: 5.000 mAh com carregador rápido de 22,5 W
  • Cores: Power Black (preto) e Cool Blue (azul)
  • Dimensões: 16,1,cm × 7,5 cm × 0,89 cm e 190 gramas