PUBLICIDADE
Topo

MWC 2021: o que esperar da maior feira de celulares do mundo

1º.mar.2015 - Garota pula em frente ao banner do Mobile World Congress 2015, realizado em Barcelona (Espanha), no primeiro dia de um dos mais importantes eventos de tecnologia de celular  - Lluis Gene/AFP
1º.mar.2015 - Garota pula em frente ao banner do Mobile World Congress 2015, realizado em Barcelona (Espanha), no primeiro dia de um dos mais importantes eventos de tecnologia de celular Imagem: Lluis Gene/AFP

Marcella Duarte

Colaboração para Tilt

28/06/2021 12h12

Começou nesta segunda-feira (28), e vai até quinta (1), a principal feira de tecnologia mobile do mundo: o MWC 2021 (Mobile World Congress). Impactada pela pandemia do novo coronavírus, com menos visitantes e expositores, a edição deste ano não deverá ser tão empolgante como as anteriores. Destaques devem ficar por conta da Samsung.

Sony, Nokia e LG são algumas das grandes empresas que decidiram não participar da feira, realizada anualmente em Barcelona. Samsung, Google, Qualcomm e Ericsson estarão presentes apenas virtualmente, em eventos online — não haverá estandes físicos para apresentação de novos produtos.

Também espera-se receber apenas um terço do público normal, que costumava ser de mais de 100 mil visitantes até 2019. A MWC 2020 não aconteceu, foi cancelada dias antes de começar devido ao alastramento da covid-19 e o fechamento das fronteiras de diversos países.

Confira a seguir o que esperar da MWC deste ano:

Samsung Wear OS

Sistema operacional para wearables (como tecnologias vestíveis são conhecidas) desenvolvido em parceria com o Google é uma das apostas. Possivelmente, teremos também o lançamento do smartwatch Samsung Galaxy Watch 4.

A chance não é alta, mas talvez ela surpreenda os fãs com uma prévia de um novo smartphone dobrável e de um tablet. A empresa não vai participar presencialmente, para preservar a saúde dos colaboradores e clientes, mas transmitirá um evento ao vivo em seu canal do YouTube, hoje (28), a partir das 14h15 (Brasília).

Lenovo

Carregador sem fio para notebooks, o Go Wireless Charging kit pode ser lançado. Se os rumores se confirmarem, ele funcionará com diversos modelos de computador.

TCL

Revelará novos modelos de celular de baixo custo: o Alcatel 1 e o Alcatel 1L Pro. Equipados com o sistema operacional Android Go, eles devem custar cerca de 100 euros (R$ 590 na conversão direta) na Europa e também chegarão à América Latina.

Elon Musk

O fundador da Tesla e da SpaceX será uma das principais atrações do evento. Ele falará sobre a integração dos satélites da rede global de internet Starlink com a tecnologia 5G.

Companhias menores também apresentarão novidades, principalmente produtos, softwares e serviços relacionados à IoT (Internet das Coisas). Apostas em inteligência artificial e computação em nuvem com certeza pintarão por lá.