PUBLICIDADE
Topo

Tem marca-passo? Mantenha distância segura de vários produtos da Apple

Os celulares da linha iPhone 12 estão na lista de cuidados - Bruna Souza Cruz/Tilt
Os celulares da linha iPhone 12 estão na lista de cuidados Imagem: Bruna Souza Cruz/Tilt

Bruna Souza Cruz

De Tilt, em São Paulo

27/06/2021 11h21Atualizada em 28/06/2021 08h37

A Apple atualizou um documento em sua página de suporte que lista os produtos que devem ser mantidos a uma distância segura de marca-passo e de outros dispositivos médicos. O motivo é a potencial interferência magnética nos aparelhos de saúde.

E a lista, atualizada no último dia 25, é grande. Praticamente, todos os seus produtos mais populares, como o iPhone 12, iPad, iPad mini, iPad Air, iPad Pro, o relógio Apple Watch e os computadores Mac.

"Sob certas condições, ímãs e campos eletromagnéticos podem interferir em dispositivos médicos. Por exemplo, marca-passos e desfibriladores implantados podem conter sensores que respondem a ímãs e rádios quando em contato próximo", afirma a Apple.

"Para evitar possíveis interações com esses tipos de dispositivos médicos, mantenha seu produto Apple a uma distância segura do dispositivo médico (mais de 15 cm de distância ou mais de 30 cm de distância se estiver carregando sem fio). Consulte seu médico e o fabricante do dispositivo para obter orientações específicas", completa.

A Apple ainda recomenda a interrupção de uso de um produto da marca caso exista a suspeita de interferência do dispositivo médico. Além disso, ela destaca que um médico e a empresa fabricante do aparelho devem ser consultadas.

Confira todos os produtos da Apple para ter cuidado neste caso:

AirPods e caixas de carregamento

  • AirPods e estojo de carregamento
  • AirPods e estojo de carregamento sem fio
  • AirPods Pro e estojo de carregamento sem fio
  • AirPods Max e Smart Case

Apple Watch e acessórios

  • Apple Watch
  • Pulseiras Apple Watch com ímãs
  • Acessórios de carregamento magnético Apple Watch

HomePod

  • HomePod
  • HomePod mini

iPad e acessórios

  • iPad
  • iPad mini
  • iPad Air
  • iPad Pro
  • Capas Smart Cover e Smart Folio (peça única de poliuretano) para iPad
  • Teclado para iPad modelos: Smart Keyboard, Smart Keyboard Folio e Magic Keyboard

Acessórios para iPhone e MagSafe

  • Modelos de iPhone 12
  • Acessórios MagSafe

Mac e acessórios

  • Mac mini
  • Mac Pro
  • MacBook Air
  • MacBook Pro
  • iMac
  • Monitor Apple Pro Display XDR

Beats (fontes de ouvido)

  • Beats Flex
  • Bate X
  • PowerBeats Pro
  • UrBeats3

A Apple explica no documento que outros produtos da marca que possuem ímãs, mas "provavelmente não interferem em dispositivos médicos."

O caso do iPhone 12

Em janeiro deste ano, a Apple já havia alertado para potenciais interferências em marca-passos ou desfibriladores relacionados aos smartphones da linha iPhone 12 e os acessórios MagSafe.

Na época, um estudo publicado no Heart Rhythm Journalmostrou que o iPhone 12 conseguiu desativar um marca-passo da empresa Medtronic somente pelo fato de estar próximo a ele.

A pesquisa foi realizada pelo instituto Henry Ford Heart and Vascular, nos Estados Unidos. Segundo os pesquisadores, o celular da Apple foi aproximado do marca-passo na área esquerda do tórax. Em seguida, "foi observada a suspensão imediata do funcionamento do aparelho que persistiu durante todo o teste". Essa paralisação do marca-passo ocorreu várias vezes com diferentes posições do telefone no bolso da pessoa com o aparelho.

"O iPhone contém ímãs, bem como componentes e rádios que emitem campos eletromagnéticos. Todos os acessórios MagSafe (cada um vendido separadamente) também contêm ímãs - e o MagSafe Charger e o MagSafe Duo Charger contêm rádios. Esses ímãs e campos eletromagnéticos podem interferir nos dispositivos médicos", escreveu a Apple em sua página de suporte, semanas depois da publicação do estudo.