PUBLICIDADE
Topo

Me ajuda, quero ostentar: qual celular top de linha devo escolher?

Arte UOL
Imagem: Arte UOL

Thaime Lopes

Colaboração para Tilt

04/06/2021 04h00

Quando se fala em celular top de linha, é provável que venha a sua mente os modelos fabricados pela Samsung e pela Apple. Mas, apesar de as empresas estarem entre as líderes do setor, elas não são as únicas que oferecem celulares com o que tem de mais moderno.

Para facilitar então a sua vida na hora de sair às compras, Tilt separou uma lista com modelos que merecem a sua atenção: do mais caro, o iPhone 12 Pro Max, ao mais barato, o Motorola Edge+.

O Rog Phone 3, da Asus, também se destaca, mesmo sendo o único que não tem suporte para 5G.

Samsung Galaxy S21 5G Ultra

Samsung Galaxy S21 5G Ultra - Reprodução - Reprodução
Samsung Galaxy S21 5G Ultra
Imagem: Reprodução

Como o nome já entrega, o Galaxy S21 5G Ultra é hoje o celular mais top dentre os modelos da Samsung.

Lançado em fevereiro deste ano, o irmão mais velho da linha S21 é um aparelho grande: tem 16,5 centímetros de altura com 7,5 de largura e 8,9 milímetros de espessura. Fora o peso: são 227 gramas, o que pode dificultar a vida de quem gosta de usar o celular com uma mão só e levá-lo dentro do bolso de forma confortável.

A tela de 6,8 polegadas conta com um painel de Amoled Dinâmico e taxa de atualização de 120 Hz — o que faz com que a transição entre imagens fique bem mais suave ao assistir vídeos, por exemplo.

Sobre seu desempenho, ele tem um chip Exynos 2100, o mais novo processador da Samsung. Os modelos com 128 GB e 256 GB de armazenamento interno vêm com 12 GB de memória RAM. Quem leva para casa o aparelho de 512 GB tem 16 GB de RAM.

O chip e a RAM garantem a execução de tarefas pesadas sem travamentos.

O aparelho tem ainda uma câmera principal de 108 MP, uma das maiores resoluções do mercado, e outras três lentes, sendo uma delas de periscópio, que permite um zoom óptico de até 10x.

Ele não vem nem com adaptador de tomada nem com fones de ouvido na caixa.

Ficha técnica: Galaxy S21 5G Ultra

  • Tela: 6,8 polegadas; Dynamic Amoled 2x Quad HD+ (3200 x 1440); 120 Hz
  • Câmeras: 108 MP + 12 MP + 10 MP + 10 MP, frontal de 40 MP
  • Processador: Exynos 2100
  • Memória RAM: 16 GB
  • Armazenamento interno: 128 GB, 256 GB ou 512 GB
  • Bateria: 5.000 mAh
  • Preço: a partir de R$ 7.649,10*

iPhone 12 Pro Max

iPhone 12 Pro Max  - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

O modelo mais top de linha da Apple atualmente é o iPhone 12 Pro Max, um dos celulares mais vendidos no mundo em janeiro deste ano, de acordo com a pesquisa Counterpoint. Esse sucesso todo não é à toa: ele é o mais bem equipado entre todos da família de iPhones.

Ainda que divida o processador A14 Bionic com os irmãos menores da linha 12, o 12 Pro Max tem bateria mais potente entre eles. São 3.687 mAh contra os 2.815 mAh de bateria do modelo 12 Pro. Ainda assim, a bateria dele fica atrás de outros top de linha disponíveis no mercado, cuja bateria já tem mais de 5.000 mAh.

Apesar de ter especificações técnicas bastante parecidas com a versão 12 Pro, ele é maior. O modelo da Apple tem tela de 6,7 polegadas, contra 6,1 do iPhone 12 Pro.

Ele tem três lentes de 12 MP, além do sensor LiDAR na sua parte traseira, e uma câmera de frontal também de 12 MP. Mas não se deixe enganar pelo valor baixo. O celular faz uso de softwares que usam inteligência artificial para entregar fotos de altíssima qualidade.

Outra vantagem do Pro Max é a estabilização óptica da câmera, que basicamente mantém a câmera fixa mesmo se você estiver mexendo no celular.

Ele também não vem com adaptador de tomada nem fones de ouvido.

Ficha técnica: iPhone 12 Pro Max

  • Tela: 6,7 polegadas; Oled (2778 x 1284); 60 Hz
  • Câmeras: 12 MP + 12 MP + 12 MP e frontal de 12MP
  • Processador: A14 Bionic
  • Memória RAM: 6 GB
  • Armazenamento interno: 128 GB, 256 GB ou 512 GB
  • Bateria: 3.687 mAh
  • Preço: a partir de R$ 10.999

Xiaomi Mi 10T Pro 5G

Xiaomi Mi 10T Pro 5G - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

O top de linha da Xiaomi aqui no Brasil é o Mi 10T Pro 5G, um upgrade do Mi 10. Ele também usa um dos melhores processadores do mercado, o Snapdragon 865, tem uma taxa de atualização de tela de invejáveis 144 Hz, algo muito raro no mercado.

Apesar disso, o visor de 6,67 polegadas tem um painel de LCD, ultrapassado para smartphones dessa faixa de preço.

Seguindo a tendência dos premium, o aparelho tem câmera principal de 108 MP e outras duas lentes (ultra grande-angular de 13 MP e macro de 5 MP). A de selfie tem 20 MP de resolução.

Ficha técnica: Xiaomi Mi 10T Pro 5G

  • Tela: 6,67 polegadas; LCD FHD+ (2400x1080); 144 Hz
  • Câmeras: 108MP + 13MP + 5MP e frontal de 20 MP
  • Processador: Snapdragon 865
  • Memória RAM: 8 GB
  • Armazenamento interno: 256 GB
  • Bateria: 5.000 mAh
  • Preço: a partir de R$ 5.839,98

Motorola Edge+

Motorola Edge+ - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

A Motorola voltou ao mercado dos tops de linha com o lançamento do Edge+, um dos modelos da fabricante com suporte para a tecnologia 5G.

O Edge+ também é um celular grande, mas com laterais curvas. Dependendo da forma como o aparelho é segurado, o sistema pode entender que o usuário está realizando um comando quando, na verdade, não está.

Suas três câmeras traseiras entregam fotos em alta qualidade que também podem chegar a até 108 MP.

A bateria também merece destaque: uma potência de 5.000 mAh, aguentou mais de um dia longe da tomada nos testes de Tilt.

Ficha técnica: Motorola Edge+

  • Tela: 6,7 polegadas; Oled, FHD+, 90 Hz
  • Câmeras: 108 MP + 16 MP + 8 MP e frontal de 25 MP
  • Processador: Snapdragon 865
  • Memória RAM: 12 GB
  • Armazenamento interno: 256 GB
  • Bateria: 5.000 mAh
  • Preço: a partir de R$ 4.049,10

Asus Rog Phone 3

Asus Rog Phone 3 - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

A linha Rog Phone é ideal para quem curte jogar no celular. Ainda que a Asus tenha lançado o modelo 5 da linha em março deste ano, a terceira geração ainda é uma ótima opção para quem procura um smartphone gamer.

Curiosamente, a tela dele é um pouco menor do que a dos smartphones listados neste texto. O modelo também conta com um painel Amoled, com taxa de atualização de 144 Hz. Tudo isso somado faz o aparelho ideal para quem joga ou curte assistir vídeos usando o celular.

Ainda que suas câmeras não sejam o foco principal do celular, elas entregam fotos com boa qualidade. Ele tem uma traseira tripla com câmera principal de 64 MP e as outras duas lentes de 13 MP e 5 MP. A de selfie tem 24 MP.

Sua bateria, entretanto, é o maior destaque de todos da lista: são 6.000 mAh.

O Rog Phone 3 ainda oferece áudio de alta resolução e sensor de toque ultrassônico, que deixa os comandos na tela com maior precisão.

Ficha técnica: Asus Rog Phone 3

  • Tela: 6,59 polegadas; Amoled (1080 x 2340); 144Hz
  • Câmeras: 64 MP + 13 MP + 5 MP e frontal de 24 MP
  • Processador: Snapdragon 865+
  • Memória RAM: 8 GB ou 12 GB
  • Armazenamento interno: 128 GB
  • Bateria: 6.000 mAh
  • Preço: a partir de R$ 6.299,10

Veredito

As especificações técnicas de cada um dos celulares apresentados aqui justificam o fato de eles serem considerados os melhores do mercado. Dito isso, sua escolha deve se basear no tipo de uso que você vai dar ao aparelho e quanto você está disposto a pagar por ele.

Se você quer um celular completo, com tudo o que o mercado tem de melhor para oferecer, por um preço mais modesto, comprar um Motorola Edge+ pode ser uma ótima ideia. Ele tem processador potente, um bom conjunto de câmeras e boa autonomia de bateria, por menos de R$ 5.000.

Se você quer usar o celular principalmente para gravar vídeos para as redes sociais e YouTube, talvez valha a pena pagar pelo Galaxy S21 Ultra, já que ele, além de fazer vídeos em 8K, permite extrair fotos dos frames da gravação, o que pode ser uma mão na roda para quem precisa postar conteúdo.

Para os que não abrem mão de ter um celular da Apple, a qualidade e a tecnologia por trás do iPhone 12 Pro Max explicam o fato de ele ter sido um dos premium mais vendidos. O seu desempenho vai além do esperado, ainda que muitas das suas funcionalidades sejam equivalentes às do irmão menor, o iPhone 12 Pro.

* Preços pesquisados em 1º de junho de 2021. Para efeitos de comparação, usamos os valores oferecidos nos sites oficiais das fabricantes e de lojas parceiras. Não foram considerados outros descontos ou promoções de pré-venda.

* O UOL pode receber uma parcela das vendas pelo link recomendado neste conteúdo. Preços e ofertas da loja não influenciam os critérios de escolha editorial.