PUBLICIDADE
Topo

Ajude o ambiente: calculadora mostra quanto carbono você emite em um ano

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Marcella Duarte

Colaboração para Tilt

03/05/2021 04h00

A chamada "pegada de carbono" mede o impacto de alguma atividade, empresa ou país no ambiente. É um cálculo que permite saber como esse estrago pode ser compensado —com reflorestamento, por exemplo. Mas e a nossa marca individual, como calcular? A fintech Moss lançou uma calculadora gratuita da "pegada de carbono" pessoal, que estima seu impacto individual no ambiente durante o ano de 2020.

Todas as nossas ações cotidianas liberam, em maior ou menor grau, dióxido de carbono —o principal gás do efeito estufa. Ligar um carro, acender uma lâmpada, comprar um produto, até comer ou simplesmente respirar são atitudes que geram, direta ou indiretamente, emissões de CO2. O serviço da startup traz um breve questionário online para receber uma estimativa de quanto gás você emitiu em um ano.

Como calcular?

1. Entre no site calculator.moss.earth.

2. Clique em "Calcular minhas emissões".

Calculadora de carbono: Passo 1 - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

3. Selecione seu estado.

Calculadora de carbono: Passo 2 - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

4. Responda sinceramente às perguntas sobre seus hábitos.

Calculadora de carbono: Passos 3 a 16 - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

5. Veja quanto CO2 você gerou no ano passado e compare seus resultados com a média global.

Calculadora de carbono: Passo 17 - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Por fim, você pode decidir se quer compensar seu impacto comprando "créditos de carbono". Esses créditos são vendidos pela Moss, que leva o dinheiro para projetos de conservação da floresta Amazônica. A empresa diz que cada crédito de carbono equivale a evitar a emissão de uma tonelada de CO2 em um ano.

Acostumada a vender créditos de carbono para empresas que querem neutralizar suas emissões de CO2, como iFood, C6 Bank e até o time de futebol do Flamengo, agora a startup vende para pessoas físicas.

Fazendo a nossa parte

Para frear as mudanças climáticas e impedir o colapso da biodiversidade da Terra —e também melhorar a vida dos próprios seres humanos—, empresas e governos têm realizado um esforço global para diminuir emissões de gases estufa.

O Protocolo de Kyoto e o Acordo de Paris estabeleceram metas de redução de carbono para os países, por meio de ações como o uso de energia limpa, combustíveis sintéticos, biomassa, veículos elétricos, aumento das florestas e investimentos em formas sustentáveis de agricultura e pecuária.

Alguns dos costumes pessoais que mais geram dióxido de carbono, direta ou indiretamente, são o uso de combustíveis fósseis, como gasolina e gás de cozinha, o alto consumo de carnes, e o desperdício de energia elétrica.

Com a calculadora, você pode materializar a sua pegada de carbono e também rever seus hábitos de consumo e de vida. Usar transporte público compartilhado, dividir a casa com mais pessoas, comprar menos produtos supérfluos, ter uma alimentação menos calórica e baixa em proteína animal são algumas das medidas que você pode tomar para, em 2021, deixar uma pegada menor no planeta.