PUBLICIDADE
Topo

NFT: Arte com rosto de Edward Snowden é vendida por mais de US$ 5 milhões

Edward Snowden é ex-técnico da CIA que vazou documentos sobre a espionagem americana - The Guardian/AFP
Edward Snowden é ex-técnico da CIA que vazou documentos sobre a espionagem americana Imagem: The Guardian/AFP

Bruna Souza Cruz

De Tilt, em São Paulo

17/04/2021 16h33Atualizada em 18/04/2021 17h00

O encerramento do leilão da primeira obra de arte NFT (token não fungível) de Edward Snowden resultou em torno de US$ 5,3 milhões (na conversão direta). Chamado de "Stay Free", trata-se de uma imagem de seu rosto criada a partir de páginas da decisão judicial que determinou que o programa de vigilância em massa da Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos violou a lei.

Snowden é ex-técnico da CIA e foi o responsável pelo vazamento em 2013 dos grampos que o governo norte-americano fez por todo o mundo. O valor recebido com o leilão — 2.224,00 na criptomoeda Etherium — será direcionado para a Freedom of the Press Foundation (Fundação Liberdade de Imprensa), organização sem fins lucrativos em que ele ocupa a presidência do conselho de administração desde 2016.

"Temos um vencedor, amigos da internet", escreveu em seu perfil no Twitter.

O retrato escolhido para a obra foi feito pelo fotógrafo Platon, que autorizou o seu uso, segundo comunicado da Freedom of the Press Foundation. "Este leilão irá impulsionar o desenvolvimento de valiosos usos de criptografia para proteger a privacidade, para salvaguardar a liberdade de imprensa e servir ao público", afirmou Snowden.

NFT de Edward Snowden - Reprodução - Reprodução
NFT de Edward Snowden
Imagem: Reprodução

O que é NFT?

NFT é item digital não fungível, é algo único, cujo valor não pode ser substituído por outro. Ele funciona como um contrato inteligente baseado em blockchain ("uma espécie de livro de registros virtual") que permite a verificação de autenticidade e propriedade de algo. Por isso, objetos raros e obras de arte têm feito sucesso com a tecnologia.

Assim, o dono da raridade oficializa que é dono do item e consegue vender o "direito" de posse dele para outra pessoa.

A modalidade ganhou visibilidade após personalidades começarem a fazer leilões. O cofundador do Twitter, Jack Dorsey, colocou à venda no começo do mês o seu primeiro tuíte postado na rede social. A maior oferta foi de pouco mais de US$ 2,9 milhões.

O vídeo "Leave Britney Alone" ("Deixem Britney em paz") que virou meme no passado foi leiloado como NFT pelo próprio autor Chris Crocker. O valor de compra chegou a US$ 41 mil.

*Com informações de matéria sobre NFT publicada em 07/03/21.

Tradutor: Rost