PUBLICIDADE
Topo

Me ajuda, o que devo levar em consideração antes de comprar uma air fryer?

Arte/UOL
Imagem: Arte/UOL

Thaime Lopes

Colaboração para Tilt

16/04/2021 04h00Atualizada em 23/04/2021 08h49

O sucesso das air fryers (fritadeiras a ar, na tradução livre) é tanto que há até grupos e páginas em redes sociais devotados a divulgar receitas e benesses desse item de cozinha. Além de práticas, elas são consideradas bem mais saudáveis que fritadeiras comuns e bastante versáteis. Com elas, além de fritar alimentos, é possível fazer bolos e pães, preparar assados e requentar a comida.

Há air fryers para todos os gostos e necessidades, com tamanhos, preços e especificações diferentes, o que pode confundir quem está buscando se aventurar nesse universo. Para ajudar, Tilt fez uma lista com os quatro pontos mais importantes a serem considerados antes da aquisição de um desses eletrodomésticos.

1) Verifique a capacidade do cesto

Se você mora sozinho e só cozinha para si mesmo, ou, no máximo, para a visita do crush, talvez comprar aquela air fryer grandona e cara seja um exagero.

Mas se você é mãe ou pai de uma família grande com crianças que não veem a hora de comer muita batata frita, por exemplo, adquirir um modelo com uma capacidade menor certamente não vai ser uma boa ideia. Aqui, tudo vai depender do seu perfil como consumidor.

No geral, os modelos disponíveis no mercado têm entre três e cinco litros de capacidade. Quanto maior o cesto da air fryer, mais alimentos a fritadeira suporta.

Esse quesito é importante: se você colocar muita comida no cesto, ela não vai fritar ou assar de forma homogênea. O conselho é comprar uma air fryer com capacidade grande o suficiente para espalhar melhor a comida, permitindo que o ar circule com mais facilidade e, por consequência, frite os alimentos por igual. Ou seja, onde se cozinha para dois, nesse caso, não se cozinha para cinco.

2) Cheque a temperatura e reveja suas receitas

Em geral, os principais modelos oferecem uma temperatura mínima de 80°C e máxima de 200°C. Esses valores costumam atender bem quem vai usar a fritadeira para descongelar alimentos, esquentar, fritar, assar ou até desidratar alimentos.

Mas se a pessoa pretende realizar receitas complexas, em que sejam necessárias temperaturas mais altas ou mais baixas do que as das fritadeiras, talvez o eletrodoméstico não seja uma boa opção. Por isso, é importante considerar para qual finalidade o aparelho será usado e se ele de fato atende às necessidades do comprador.

3) Veja opções com desligamento automático

As fritadeiras elétricas esquentam muito rápido. Para evitar acidentes, diversos modelos têm cronômetro e desligamento automático. Ambas as funções são extremamente úteis para ajudar no controle do tempo de preparo dos alimentos, mas também servem como proteção contra o superaquecimento.

Ainda assim, é importante que ao usar uma air fryer sejam tomados os mesmos cuidados com uma panela no fogão, por exemplo.

Mesmo que as marcas tomem precauções para evitar acidentes, é importante:

  • Não deixar o aparelho ligado por muito tempo;
  • Não sair de casa enquanto a fritadeira funciona;
  • Ficar atento a qualquer mau cheiro, fumaça ou sinal de defeito;
  • Em caso de dúvida, procurar sempre assistência oficial ou autorizada da marca.

4) Confira se sua tomada é compatível

As fritadeiras elétricas exigem muita potência e nem toda tomada está pronta para isso. No manual dos aparelhos, sempre há a indicação da voltagem (127 V ou 220 V) e a potência (que aparece em watts).

Além desses dois fatores, a maioria dos modelos precisa de tomadas de 20 amperes (20 A), porque seus pinos costumam ser mais grossos (esse reforço é necessário devido à alta potência) e apenas tomadas desse modelo têm plugues maiores (4,8 mm) para a conexão apropriada.

Os aparelhos que operam entre 10 e 20 A devem ser usados em tomadas com diâmetro de 4,8 mm, que aceita pinos mais largos. Se você se mudou para uma casa e não faz ideia de qual tipo de tomada possui, a recomendação é pedir auxílio de um especialista para identificá-las e trocar a instalação na parede.

Outro cuidado importante: se você tentar encaixar pinos mais grossos em uma tomada com plugues menores, o risco de derretimento, superaquecimento e curto-circuito são altos, podendo gerar desde pequenos acidentes e até incêndios. Então redobre a atenção nesse tópico e confira se está tudo ok antes de ligar a fritadeira.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do que dizia o texto, não é recomendado o uso de adaptadores para tomadas de 20 amperes, e é necessário trocar a instalação para receber o aparelho que usa esse tipo de instalação elétrica. O texto foi corrigido.