PUBLICIDADE
Topo

Celular da chinesa Realme é o modelo mais barato com conexão 5G no Brasil

Divulgação
Imagem: Divulgação

Rosália Vasconcelos

Colaboração para Tilt

06/04/2021 15h00

A tecnologia 5G nem chegou ao Brasil, mas os fabricantes de celulares já disputam o público da futura rede. A chinesa Realme lança a partir desta terça-feira (6) a versão 5G do Realme 7, com preço promocional de entrada a partir de R$ 1.899. Assim, supera a Samsung, que até então detinha o título de celular com 5G mais barato do mercado brasileiro: o Galaxy A32 5G (R$ 2.699), lançado em março.

O consumidor poderá pagar esse valor pelo Realme 7 entre os dias 6 e 12 de abril. Depois disso, o preço vai subir para R$ 2.599. Como a Realme é recém-chegada no Brasil, os canais de venda ainda estão limitados aos sites Submarino e Americanas, inclusive para os lançamentos. Não há pontos de venda em lojas físicas.

"Nós queremos ser protagonistas no ecossistema 5G no Brasil e chegamos ao país com a missão de democratizar o último padrão de internet móvel a preço de 4G. Para alcançar esse mercado, temos estratégias agressivas", prometeu o gerente de vendas da Realme Brasil, Marcelo Sato.

A fabricante chinesa é uma das mais novas do mercado mundial. Foi inaugurada em 2018, mas só chegou ao Brasil em janeiro deste ano. O Realme 7 5G é o quinto produto do catálogo da marca lançado no país. Segundo Marcelo Sato, os produtos da marca têm garantia de um ano e a fabricante chinesa é parceira da rede de assistência técnica em eletrônicos Pontonet.

Acima da média dos similares

Além do preço, o Realme 7 5G traz o processador MediaTek Dimensity 800U, com velocidade de 2,4 GHz —o modelo anterior, o Realme 7 com apenas 4G, vem com Helio G95 da MediaTek, que só chega a 2,05 GHz.

Segundo a fabricante, essa peça suporta a tecnologia Dual 5G SIM (DSDS), ou seja, permite a conexão 5G para dois chips de celular no mesmo aparelho. Além disso, o Realme 7 5G é compatível com as 12 principais bandas 5G de todo o mundo.

O novo modelo traz uma tela que mede 6,5 polegadas (16,5 cm), com 90,5% de aproveitamento de tela. A taxa de atualização (velocidade com que imagens dinâmicas aparecem na tela) é de 120 Hz, contra 90 Hz do Realme 7 —e a mesma de smartphones premium, como o Samsung Galaxy S21 Ultra.

Já a bateria tem 5.000 mAh de potência e carregador de 30 W, que promete carregamento total da bateria em até uma hora. "O Realme 7 5G também pode funcionar como power bank, ou seja, sua bateria permite carregar outro aparelho", ressaltou Marcelo Sato.

Disponível nas cores prata e azul, o aparelho tem dois alto-falantes, reconhecimento facial e um sensor de impressão digital localizado na lateral. O Realme 7 5G vem com o Android 10, mas a empresa promete para breve uma atualização para o Android 11.

Jogo de câmeras

O Realme 7 5G vem com uma câmera traseira quádrupla composta por uma lente principal (48 MP), grande angular (8 MP), macro (2 MP) e profundidade (2 MP). Já a câmera de selfie vem com 16 MP e modos noturno, de embelezamento com inteligência artificial, retrato com desfoque e estabilizador de imagem eletrônico (que impede que as imagens fiquem tremidas).

O modelo trabalha com 8 GB de memória RAM e 128 GB de armazenamento interno, com suporte expansível para até 256 GB. Ele não é resistente à água.

Realme Buds Air Pro - Divulgação - Divulgação
Realme Buds Air Pro
Imagem: Divulgação

Realme Buds Air Pro

A Realme também lança hoje outro produto da linha IoT (Internet das Coisas, da sigla em inglês): o Realme Buds Air Pro, uma versão mais avançada dos fones de ouvido Buds Q, lançado em janeiro deste ano.

O novo acessório tem o Bluetooth 5.0, tecnologia que oferece maior estabilidade da conexão, ideal para os momentos de atividade física, além de ter cancelamento de ruídos externos.

Tem bateria de 486 mAh com uma autonomia de 25 horas, carregamento rápido, modo jogo, controle inteligente de toque e é resistente à água. Com dez minutos de carregamento, a companhia diz que ele consegue reproduzir até três horas de áudio.

O preço sugerido para o lançamento deste modelo de fones é de R$ 699 (entre 6 e 12 de abril) e R$ 899 (a partir do dia 13 de abril). Ele vem nas cores preto e branco.

Ficha técnica: Realme 7 5G

  • Tela: 6,5 polegadas, com resolução 1.080 x 2.400 pixels e taxa de atualização de 120 Hz
  • Processador: MediaTek Dimensity 800U (2,4 GHz)
  • Sistema: Android 10
  • Armazenamento interno: 128 GB
  • Memória: 128 GB de armazenamento, e 8 GB de RAM
  • Câmeras: principal de 48 MP + 8 MP + 2 MP + 2 MP; e frontal de 16 MP
  • Bateria: 5.000 mAh

Ficha técnica: Realme Buds Air Pro

  • Bluetooth 5.0
  • Microfone duplo para cancelamento de ruídos externos
  • Reforço de graves
  • Modo Jogo
  • Bateria de 486 mAh com autonomia de 25 horas
  • Resistente à água